Sorocaba e Região

Em discurso da vitória, Manga diz que governará para todos

Segundo ele, agora não existe o partido A, B ou C, mas sim uma cidade que "precisa ser reconstruída"
O prefeito eleito durante discurso, neste domingo (29). Crédito da foto: Fábio Rogério / JCS (29/11/2020)

O vereador Rodrigo Manga (Republicanos), eleito prefeito de Sorocaba neste domingo (29), com 52,58% dos votos válidos (153.228 votos), afirmou em seu discurso de vitória que governará para todos os sorocabanos. “Nós sabíamos que não seria fácil essa vitória, mas nunca duvidamos que ela iria chegar. Agora não existe o partido A, B ou C. Agora existe a cidade de Sorocaba, que precisa ser reconstruída. Nós vamos governar para todos. Nós vamos ter um governo humano e inteligente, para fazer Sorocaba voltar a crescer”, afirma.

Leia mais  Rodrigo Manga, do Republicanos, é eleito prefeito de Sorocaba

 

Manga ainda citou que já tem alguns nomes para compor seu secretariado. Seriam, por exemplo, de pessoas que o ajudaram a compor seu plano de governo. “Nós vamos, agora, nos próximos dias, definir as estratégias e começar a forma o nosso secretariado. Mas adianto que serão pessoas extremamente técnicas, para fazer Sorocaba crescer e trazer de volta o desenvolvimento e o atendimento que a população merece”, promete.

Uma de suas prioridades é pensar na reforma administrativa. “Esse time começa a ser pensado ainda nessa semana. Vai gerar economia”, garante. Um dos caminhos, conforme o prefeito eleito, é fazer a aglutinação de secretarias. “Sorocaba precisa agora de um trabalho sério, com pessoas técnicas, que atendam a necessidade daqueles que mais precisam”, acrescenta.

Rodrigo Manga também falou do trabalho de articulação e voltou a enfatizar que a partir de agora não existe um partido, mas um povo que clamou por mudanças. “Pessoas que não aceitam Sorocaba como ela está, por isso, decidiram mudar. Nós vamos governar para todos”, ressalta.

Ainda durante o primeiro discurso após eleito, Manga garantiu que vai buscar maneiras para gerar empregos e renda. A revisão de contratos, segundo o novo prefeito, também será realizada em seu novo governo. Ele ainda declarou que haverá investimento para atender a situação da pandemia da cidade e chegou a citar uma eventual segunda onda de Covid-19. (Marcel Scinocca)

Comentários