Eleições 2020 Sorocaba e Região

Eleitos pela 1ª vez no Legislativo em Sorocaba falam sobre expectativas

Entre os estreantes, o legislativo sorocabano terá o segundo vereador mais jovem desde 2000 e uma ala mais conservadora

A Câmara de Sorocaba terá 45% de renovação entre os 20 vereadores eleitos para a próxima legislatura (2021/2024). Dos 20, 11 foram reeleitos e nove vão legislar pela primeira vez.

Entre os estreantes, o legislativo sorocabano terá o segundo vereador mais jovem desde 2000 e uma ala mais conservadora. O vereador mais jovem da próxima legislatura é Vinicius Aith, 21 anos, que foi eleito com 3.808 votos pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB).

José Vinicius Campos Aith nasceu em Campinas e afirma que começou muito cedo no ativismo político, aos 15 anos em debates escolares sobre as manifestações pelo impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT).

Eleitos para mandatos no Legislativo acompanham a sessão ordinária
Vinicius Aith, 21 anos, eleito com 3.808 votos pelo PRTB, é o mais jovem. Crédito da foto: Divulgação

Sobre o fato de ser o vereador mais novo na próxima legislatura, Aith afirma que isso não o assusta e que ele se sente preparado para o cargo. Ele disse que estuda Administração Pública na Fundação Getúlio Vargas (FGV), em São Paulo, e que a expectativa para assumir a vaga de vereador em 2021 é muito boa. “Queremos trazer desenvolvimento para a cidade, combater a esquerda e aproximar a juventude da política, além de apresentar projetos de lei para o primeiro emprego”, afirma.

Representante da ala conservadora e de direita dos novos eleitos, Aith disse ainda que é conservador nos costumes e liberal na economia. Além disso, ele afirma que recebeu o apoio da família Bolsonaro durante sua campanha e que isso foi fundamental para sua eleição.

“Foi uma missão dada pela família Bolsonaro e conto com o apoio do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) e também do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o que aumenta a minha responsabilidade”, conta.

Eleitos para mandatos no Legislativo acompanham a sessão ordinária
Dylan Dantas, 37 anos, foi eleito vereador com 2.847 votos, pelo PSC. Crédito da foto: Divulgação

No final do ano passado, Aith participou da fundação do Aliança Pelo Brasil, partido em formação do presidente Bolsonaro, organizando mutirões de coleta de assinaturas em Sorocaba.

Outro representante da ala conservadora de direita que chegou à Câmara foi Dylan Dantas, 37 anos, eleito vereador com 2.847 votos, pelo Partido Social Cristão (PSC).

Graduado em Administração de Empresas e habilitado em Comércio Exterior, Dantas afirma que seu mandato será baseado em três principais bandeiras conservadoras: família, liberdade econômica e combate ideológico.

Ele é membro do Movimento Conservador, (antigo Direita São Paulo), que organizou e participou de diversas manifestações e protestos desde 2016 em Sorocaba e em outras cidades.

“Somos um movimento nacional e o núcleo de Sorocaba é o segundo maior do Estado. Promovemos encontros semanais na cidade desde 2016. Além disso, formamos pessoas e trabalhamos a expansão da consciência, a cosmovisão e o imaginário”, diz.

Dantas disse ainda que já conversou com os novos vereadores conservadores e de direita que foram eleitos e que eles pretendem atuar em pautas conjuntas.

Ele afirma ainda que defende o diálogo com o Poder Executivo e que o Poder Legislativo é importante para fiscalizar, e que ambos os poderes devem se relacionar entre si.

“Vamos defender o interesse da população e não somente aprovar projetos de lei que são apresentados pelo Executivo, além de fiscalizar a Prefeitura de Sorocaba”, conta. (Ana Cláudia Martins)

Comentários