fbpx
Sorocaba e Região

Acidente entre ônibus e caminhão deixa dois mortos na Castelinho

O acidente ocorreu no quilômetro 3, na pista sentido Itu e São Paulo
Ônibus bateu na traseira de um caminhão carregado de cimento. Crédito da foto: Emídio Marques (10/7/2019)

Atualizada às 22h20

Um acidente entre um ônibus fretado da empresa Transleo, de Votorantim, e um caminhão carregado com cimento deixou dois passageiros mortos na manhã desta quarta-feira (10), no quilômetro 3 da rodovia Senador José Ermírio de Moraes, também conhecida como Castelinho. A batida também provocou um trânsito intenso em vias próximas, como as avenidas Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, Dom Aguirre e Independência.

O acidente ocorreu por volta das 6h. Ambos os veículos seguiam pela pista sentido Itu e São Paulo.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros de Sorocaba, presente no local, dois homens que estavam dentro do ônibus morreram no acidente. Os corpos ficaram presos nas ferragens e, até as 9h, ainda não haviam sido retirados do ônibus.

Os bombeiros disseram que provavelmente havia neblina no momento do acidente. O ônibus teria batido na traseira do caminhão, que estaria trafegando lentamente.

Crédito da foto: Emídio Marques (10/7/2019)

O motorista do caminhão sofreu ferimentos e foi levado a um pronto-atendimento na Vila Martins, em Itu. Outros três passageiros do ônibus também ficaram feridos e foram encaminhados para o Hospital Regional, em Sorocaba.

Por conta do acidente, o trânsito ficou bastante lento no início da manhã na Castelinho. A Polícia Rodoviária orientou os motoristas no local e o trânsito ficou restrito a uma faixa durante a operação de retirada do veículo.

De acordo com os bombeiros, o ônibus fretado estava levando os passageiros para trabalhar em São Paulo. Uma equipe da perícia técnica da Polícia Civil esteve no local do acidente.

Em nota, a Transleo informou que está “prestando total assistência às vítimas e famílias dos envolvidos, inclusive estando no local do acidente e acompanhando o desenrolar de toda a situação com as autoridades competentes”, desejando “sinceros sentimentos nesse momento de dor e luto às vítimas, feridos e famílias”. (Ana Cláudia Martins)

Leia mais  Morre, aos 77 anos, o jornalista Paulo Henrique Amorim
Comentários