Sorocaba e Região

Dormentes soltos em pontilhão preocupam motoristas na Dom Aguirre

A concessionária da via férrea informa que trens não circulam mais pelo pontilhão e que as peças inservíveis serão removidas
Dormentes soltos em pontilhão preocupa
Quem transita pela avenida Dom Aguirre teme queda da madeira. Crédito da foto: Emidio Marques

Vigas de madeira, também chamadas de dormentes, que ficam nos trilhos do trem suspenso no pontilhão da avenida Dom Aguirre, próximo à praça Lions, estão gerando insegurança em quem precisa trafegar pela via e teme a queda de parte da estrutura. No sentido bairro-centro, um dos dormentes está torto, inclinado para baixo, mas não é possível constatar se a madeira está solta.

A Urbes — Trânsito e Transporte foi questionada sobre o risco de a estrutura ceder e informou que a responsabilidade pela manutenção da linha férrea é da empresa Rumo, que recebeu a concessão federal para explorar o transporte férreo que passa pelo referido local. “A Urbes vai notificar a empresa concessionária sobre a sensação de insegurança que nos é informada pelo jornal”, finalizou a nota.

Já a Rumo, concessionária responsável pela malha férrea de Sorocaba, informou, por meio da assessoria de imprensa, que não há circulação de trens no local. A empresa afirmou que “já está programando, o quanto antes, a retirada dos dormentes inservíveis”. (Da Redação)

Comentários