fbpx
Sorocaba e Região

Dia D de vacinação contra sarampo tem baixa movimentação em Sorocaba

Unidades Básicas de Saúde ficaram abertas ontem para imunização na faixa etária de 20 a 29 anos
Dia D de vacinação contra sarampo tem baixa movimentação
Apenas 276 pessoas se vacinaram ontem em Sorocaba, até 16h, conforme balanço parcial. Crédito da foto: Fábio Rogério (30/11/2019)

O Dia D de vacinação contra o sarampo para adultos não vacinados, na faixa etária de 20 a 29 anos de idade, começou na manhã de ontem com baixo movimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Sorocaba. Foram 32 UBSs abertas das 8h às 17h e 160 servidores à disposição do atendimento à população. De acordo com balanço parcial divulgado ontem, no início da noite, até as 16h, 276 pessoas tinham se vacinado contra o sarampo, apesar de um total de 1.064 pessoas terem ido às UBSs — a maioria para tirar dúvidas. Algumas tomaram vacinas, mas para outras doenças.

Na UBS da Vila Haro, por exemplo, até 11h apenas quatro pessoas com idades entre 20 e 29 anos compareceram e duas tomaram vacinas antitetânicas, enquanto outras duas foram dispensadas porque tinham a carteira de vacinação em ordem. Outras três pessoas com idades acima de 29 anos também compareceram e estas tomaram vacinas contra sarampo e tétano.

Leia mais  Secretário da Habitação, prefeitas e deputados participam de Fórum

Nesses dias de esforços concentrados pela imunização, também ocorrem casos de pessoas que procuram a unidade de saúde por causa da campanha e acabam por tomar outra vacina porque a verificação da carteira identifica outras carências.

Este foi o caso da diarista Jéssica Maria de Souza, de 29 anos, que chegou às 11h10 à UBS da Vila Haro e recebeu a informação, a partir de análise da sua carteira de vacinação, que não precisava tomar a vacina contra sarampo ou qualquer outra doença. Mas a filha dela, Thayane de Souza, de 10 anos, que também teve a carteira examinada, precisou tomar a vacina de prevenção contra o HPV.

Jéssica falou da importância de visitar as UBSs em dias de imunização como ontem: “É bom para a saúde da gente, a vacinação tem que ficar em ordem. E é bom porque é sábado, dia de semana é muito corrido.”

Leia mais  Homens são flagrados vendendo fiação elétrica para ferro-velho de Sorocaba

A técnica de enfermagem Elaine Bagatin, da Vigilância Epidemiológica do município, esteve na UBS da Vila Haro para verificar como estava o andamento da vacinação. Ela disse que até então tinha visitado outras UBSs em bairros diferentes — Vila Sabiá, Barcelona, Éden, Cajuru e Aparecidinha — e quase todas as unidades, com exceção do Cajuru, estavam com pequena movimentação de pessoas como na UBS da Vila Haro.

Baixa procura

De acordo com a Secretaria de Saúde de Sorocaba, até a última quinta-feira — antes do esforço de imunização feito ontem — , apenas 735 pessoas de 20 a 29 anos procuraram as UBSs, sendo que destas, somente 220 precisaram tomar a vacina SCR (sarampo, caxumba e rubéola). Até ontem, às 16h, portanto, 496 pessoas tinham se imunizado.

A população estimada de Sorocaba nesta faixa etária é de 120.844. O município apresenta cobertura vacinal de 90,64% para crianças de 1 ano e de 96,42% para crianças menores de 1 ano.
Com o Dia D, a campanha de vacinação se encerra para este grupo de 20 a 29 anos, mas que podem procurar ainda as UBSs. A vacina é a melhor forma de prevenção contra a doença, instrui a Secretaria de Saúde. (Carlos Araújo)

Comentários