Sorocaba e Região

Para evitar perda de vacinas, detentos são vacinados em Sorocaba

Medida tem previsão no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação e segue solicitação da Coordenadoria das Unidades Prisionais
Detentos tomaram vacina fora do atual cronograma
Em nota, a Prefeitura confirmou a imunização para “evitar perdas técnicas”. Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (5/11/2013)

 

Cerca de 200 detentos idosos foram vacinados contra a Covid-19 na Penitenciária Dr. Danilo Pinheiro, conhecida com penitenciária 1 de Sorocaba. A informação foi passada por policiais de forma anônima ao Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (Sifuspesp).

Segundo a entidade, 150 sentenciados do regime fechado e 50 do semiaberto entre 80 e 60 anos foram imunizados no último sábado (20). Não há, entretanto, comprovação ou estimativa se presos fora do atual cronograma de imunização previsto pela Secretaria Estadual de Saúde foram vacinados. “Se confirmada, significaria a desobediência à fila dos cronogramas estadual e federal de vacinação que previne a Covid-’9”, afirmou a Sifuspesp.

Em nota (abaixo, na íntegra), a Prefeitura de Sorocaba confirmou a imunização e explicou os motivos, negando quaisquer possíveis irregularidades. Além de “evitar perdas técnicas”, de frascos já abertos da vacina, a medida está prevista no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação e segue solicitação da Coordenadoria das Unidades Prisionais.

O cronograma divulgado pelo Estado ainda não inclui a vacinação de presos, considerando apenas a situação da privação de liberdade. Desde sexta-feira (19), o calendário estadual prevê a imunização de idosos a partir de 72 anos, liberando a vacinação para maiores de 69 no sábado (27). Cada município, entretanto, tem divulgado datas diferentes sobre a aplicação das vacinas. Antes dos funcionários e detentos do sistema prisional, ainda haverá uma terceira fase, para vacinação de pessoas com comorbidades.

Leia mais  Vigilância alerta para baixa vacinação em crianças

 

A Secretaria da Saúde de Sorocaba e a Secretaria da Administração Penitenciária(SAP) confirmaram a imunização dos presos, seguindo o cronograma dos grupos prioritários estabelecido pelo Ministério da Saúde. “Como é de amplo conhecimento, as doses que seriam descartadas ao final do dia podem ser aplicadas em quaisquer pessoas e, nesse caso, a Secretaria Municipal da Saúde de Sorocaba direcionou-as para a população privada de liberdade idosa”, escreveu a SAP.

A Prefeitura de Sorocaba também afirmou que a imunização foi feita com doses ainda disponíveis em frascos abertos: “a fim de se evitar perdas técnicas, é determinado direcionar o uso da vacina para pessoas contempladas em alguns dos grupos priorizados no Plano de Nacional”, enfatizou.

Após receber denúncias sobre a vacinação de presos em Sorocaba em detrimento dos cidadãos e de integrantes das Forças de Segurança, protocolei ofícios cobrando respostas oficiais da Prefeitura de Sorocaba e da Penitenciária “Danilo Pinheiro” em Sorocaba.

Diante de tal situação, o deputado estadual Danilo Balas (PSL-SP) se manifestou. “Após receber denúncias sobre a vacinação de presos em Sorocaba em detrimento dos cidadãos e de integrantes das Forças de Segurança, protocolei ofícios cobrando respostas oficiais da Prefeitura de Sorocaba e da Penitenciária”, afirmou Balas.

Veja o vídeo abaixo!

 

Confira na íntegra a nota da Prefeitura de Sorocaba:

“Sorocaba está seguindo o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. Conforme estabelecido neste, ao final de cada expediente de vacinação e considerando a necessidade de otimizar as doses ainda disponíveis em frascos abertos, a fim de se evitar perdas técnicas, é determinado direcionar o uso da vacina para pessoas contempladas em alguns dos grupos priorizados no Plano de Nacional. Atendendo às solicitações da Coordenadoria das Unidades Prisionais, as doses ainda disponíveis em frascos abertos, ao final de uma ação de vacinação, foram encaminhadas aos servidores da saúde e detentos idosos do sistema penitenciário.”

Leia mais  Votorantim soma mais uma morte e 29 novos casos de Covid-19

 

Confira na íntegra a nota da SAP:

“A Secretaria da Administração Penitenciária informa que a vacinação de servidores e custodiados do sistema penitenciário segue o cronograma dos grupos prioritários estabelecido pelo Ministério da Saúde. Como é de amplo conhecimento, as doses que seriam descartadas ao final do dia, podem ser aplicadas em quaisquer pessoas e, nesse caso, a Secretaria Municipal de Saúde de Sorocaba direcionou-as para a população privada de liberdade idosa.” (Da Redação)

Comentários