Sorocaba e Região

Deputado anuncia R$ 10 mi para a saúde na RMS

Os valores, conforme o parlamentar, estão destinados ao custeio de unidades de saúde
Deputado federal Gulga Peixoto (PSL)
O parlamentar é presidente da chamada Frente Parlamentar Bebidas Brasil, que busca soluções para os problemas do setor. Crédito da foto: Emídio Marques (08/01/2019)

O deputado federal Guiga Peixoto (PSL) esteve em Sorocaba na quarta-feira (8) e anunciou quase R$ 10 milhões em emendas para a cidade e para a Região Metropolitana. Os valores, conforme o parlamentar, estão destinados ao custeio de unidades de saúde.

Sorocaba será contemplada com R$ 950 mil diretamente para a Secretaria de Saúde (SES). Entretanto, o município ainda vai receber mais R$ 250 mil para o Banco de Olhos de Sorocaba (BOS) e R$ 250 mil para o Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (Gpaci).

Além de Sorocaba, as emendas beneficiarão mais cidades paulistas. Na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), estão inclusos os municípios de Itu (R$ 250 mil), Tietê (R$ 525 mil), Boituva (R$ 975 mil), Cerquilho (R$ 625 mil), Angatuba (R$ 250 mil), Pilar do Sul (R$ 150 mil), Porto Feliz (R$ 300 mil), Salto (R$ 150 mil), Itapetininga (R$ 550 mil), Iperó (R$ 100 mil), Ibiúna (R$ 200 mil) e Sarapuí (R$ 100 mil).

Leia mais  Bebê de 9 meses é o segundo caso confirmado de coronavírus em Salto

A maior fatia vai para a cidade de Tatuí, que receberá R$ 2,2 milhões. Conforme ele, os valores já estão liberados e fazem parte de um recurso extra do Ministério da Saúde. Todas as emendas deverão ser usadas para custeio das operações de saúde. Outras cidades do Estado de São Paulo, como Quadra, Guapiara, Botucatu, Jaú e Piracicaba também foram contempladas com as emendas do deputado.

Mandato

Durante a visita, Peixoto também falou sobre outros temas envolvendo seu mandato. Ele destacou o que considerou avanços do governo de Jair Bolsonaro, sem partido. Como exemplo, citou a geração de quase um milhão de novos postos de trabalho no País, em 2019. Ele também elencou os ganhos da Bolsa de Valores e a índices do “risco-país”. Parte desses resultados, segundo ele, se deve à aprovação da reforma da Previdência. Ele ainda citou como positivo a chamada Medida Provisória (MP) da liberdade econômica, de 2019.

Leia mais  Prefeitura de Votorantim deve R$ 33 mil para a entidade Integrar

Guiga Peixoto, que foi um dos 80 deputados que abdicaram da aposentaria especial antes da reforma da Previdência, também falou sobre mudanças no Pacto Federativo. Atualmente, a proporção de impostos distribuídos é percentualmente de “70-24-6”, sendo, respectivamente, União, Estado e município. Conforme ele, o município fica com muito pouco do total arrecadado. Ele defende que o aumento para 20%.

O parlamentar é presidente da chamada Frente Parlamentar Bebidas Brasil, que busca soluções para os problemas do setor. De acordo com ele, mais de 700 empresas de bebidas do País foram fechadas nos últimos anos por concorrência tributária desleal. O número caiu de mais de 900 para pouco mais de 200, em todo o Brasil, em menos de vinte anos.

Em Sorocaba, o parlamentar, que será um dos titulares da Comissão da Reforma Tributária, em Brasília, recebeu 216 votos nas eleições de 2016. “Com a aprovação da reforma, sem dúvida alguma, o Brasil será um grande alvo para grandes investidores” afirma. A reforma está na pauta do primeiro semestre deste ano. Ele também pincelou a necessidade de reforma administrativa. “O Brasil vai voltar a crescer de uma forma muito positiva. Eu acredito no Brasil”, afirma. (Marcel Scinocca)

Comentários