fbpx
Sorocaba e Região

CPI faz visita a entidades de acolhimento

CPI faz visita a entidades de acolhimento
Vereadores não foram recebidos na Casa do Menor; a Casa Nova Vida foi aprovada. Crédito da foto: Carlos Araújo (3/9/2019)

A Casa do Menor frustrou na tarde desta terça-feira (3) uma visita de fiscalização de dois integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Acolhimento ao Menor da Câmara de Sorocaba. Os membros da CPI que não conseguiram entrar na entidade foram os vereadores Rodrigo Manga (DEM) e Fernanda Garcia (Psol), respectivamente presidente e relatora da CPI. Nota publicada no site da Câmara informa que os dois vereadores foram “barrados” em visita à instituição acolhedora de cerca de 40 crianças e adolescentes.

“É lamentável que a Casa do Menor não tenha aberto as portas para que a CPI pudesse entrar. Tudo indica, então, que realmente existem as irregularidades denunciadas pelos funcionários, como uso de drogas e ocorrências de abuso sexual no local”, afirmou Manga.

Leia mais  Iniciativa quer reduzir número de vereadores da Câmara de Iperó

Fernanda também lamentou a fiscalização frustrada e disse que com o impedimento de entrar na Casa do Menor a CPI ficou impossibilitada de confrontar as informações colhidas nas oitivas realizadas nos trabalhos de apuração de denúncias: “Não fomos atendidos e isso mostra que tem alguma irregularidade que não quiseram que a CPI constatasse”.

Os parlamentares tinham como objetivo verificar as condições da referida instituição, assim como da entidade Casa Nova Vida, na qual foram recebidos pela coordenadora Valéria Ortiz Fulco. Nessa segunda fiscalização, constataram boa estrutura para acolhimento dos menores. “O local precisa de algumas melhorias, como manutenções e alguns móveis novos, mas no geral a estrutura está adequada para os cuidados dos acolhidos”, afirmou Manga.

Valéria admitiu que ficou preocupada quanto à legalidade de os dois vereadores entrarem na instituição: “Porém não tenho nada a esconder, não vejo problema algum também. É uma casa normal”.

Leia mais  Caminhão tomba no quilômetro 95 da Raposo Tavares, em Sorocaba

A reportagem do Cruzeiro do Sul esteve por volta das 17h na Casa do Menor, para tentar falar com os responsáveis pelo local, mas a informação recebida no portão foi de que eles não se encontravam no local.

A CPI do Acolhimento ao Menor seguirá agora para a etapa de elaboração de seu relatório final, que deverá ser entregue para apreciação do plenário da Câmara Municipal nas próximas semanas. Além do presidente Rodrigo Manga e da relatora Fernanda Garcia, compõem a comissão os vereadores Francisco França (PT), Hudson Pessini (MDB), Iara Bernardi (PT), Irineu Toledo (PRB), João Donizeti (PSDB), Luis Santos (Pros), Péricles Régis (MDB), Renan Santos (PCdoB), Silvano Júnior (PV) e Wanderley Diogo (PRP). (Carlos Araújo)

Comentários

CLASSICRUZEIRO