Sorocaba e Região

Consultor de negócios do Cruzeiro do Sul, Wilson Rossi falece aos 73 anos

Wilson já tinha trabalhado para a Fundação Ubaldino do Amaral (FUA) por 35 anos
Colaboradores são um patrimônio da FUA
Wilson Rossi. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS

O consultor de negócios do jornal Cruzeiro do Sul, Wilson Rossi, 73 anos, faleceu na manhã deste sábado (17) por conta de um infarto fulminante, em sua residência, por volta das 7h30. Ele chegou a ser encaminhado para uma unidade de saúde de Sorocaba, mas faleceu a caminho. O velório será realizado a partir das 14h30 na Ofebas, no Jardim Santa Rosália, e o sepultamento às 16h no Cemitério Pax. Ele era casado com Therezinha de Jesus de Barros Rossi, já falecida, e deixou as filhas Luciana, 45 anos, e Luanda, 37 anos.

Formado pela Faculdade de Direito de Itu (Faditu), Wilson Rossi era consultor publicitário no jornal Cruzeiro do Sul desde junho de 2019. Wilson já tinha trabalhado para a Fundação Ubaldino do Amaral (FUA) por 35 anos, iniciou no jornal em 1966, onde passou pelos cargos de encarregado de expedição, encarregado de circulação, gerente administrativo e, por último, gerente geral.

Natural de Botucatu, Rossi veio para Sorocaba para cursar a faculdade e sua trajetória no Cruzeiro do Sul começou como entregador de jornal, por meio de uma oportunidade dada pelo então diretor Laelso Rodrigues. Desde então, Rossi acumulou uma vasta experiência no ramo do impresso, passando por vários jornais da região, consolidando sua carreira.

Wilson Rossi também foi membro da Loja Maçônica Perseverança III (PIII), de Sorocaba, e atualmente era da Loja Maçônica Acácia Sorocabana e ainda do Banco de Olhos de Sorocaba (BOS). Ele também trabalhou em outros veículos de comunicação de Sorocaba e em Piracicaba.

Profissional dedicado

O presidente da Loja Maçônica Perseverança III e instituidor da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), Laelso Rodrigues, lamentou o falecimento do colaborador e amigo Wilson Rossi. Laelso destacou a importância de Wilson Rossi por muitos anos de dedicação à FUA e ao jornal Cruzeiro do Sul. “Ele sempre foi um profissional exemplar, e eu o conheci ainda muito jovem, quando ele veio pedir para trabalhar conosco, sempre com muito entusiasmo e dedicação, é uma grande perda para nós”, disse.

O Conselho de Administração da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), em nome de seu presidente César Augusto Ferraz dos Santos, lamenta profundamente o falecimento do colaborador e amigo Wilson Rossi, ocorrido na manhã deste sábado (17), e que tanto contribuiu para o desenvolvimento do jornal Cruzeiro do Sul. “Aos familiares de Wilson Rossi nossos mais profundos e sinceros sentimos de pesar e de conforto neste momento difícil. Lembraremos sempre com muito carinho e gratidão pelo amigo e profissional dedicado, que foi Wilson Rossi.”

O presidente do Conselho Superior da FUA, Valdir Euclides Buffo Junior, também comentou o falecimento de Wilson Rossi. “Em nome dos Conselheiros da FUA, registro nossos pesares à toda família Rossi pela passagem do nosso querido Wilson. Grande amigo, homem de enorme caráter e que muito contribuiu para a Fundação Ubaldino do Amaral. Sentiremos sua falta. Oramos para que encontre a Luz e o descanso junto ao Pai.”

A supervisora comercial do Cruzeiro do Sul, Vanda Gusmão S. de Peixoto, também lamentou a morte do colega de trabalho e amigo Wilson Rossi. Eles trabalharam juntos no jornal por muitos anos. Vanda conta que Wilson sempre foi muito querido por toda a equipe e também por todos que o conheciam. “Falei com ele na sexta (16) sobre trabalho e como de costume Wilson estava feliz e empolgado. O único consolo para nós é que ele estava trabalhando no local que ele amava, sempre com muito entusiasmo. Vamos sentir muito a falta dele”, desabafa.

O editor-chefe do jornal Cruzeiro do Sul, Adalberto Vieira, falou sobre a perda do colaborador. “Além de um amigo de décadas, perdemos um colaborador dedicado. Vamos sentir muito a sua falta”, destacou.

(Da Redação)

Comentários