Sorocaba e Região

Conferência Municipal traz o debate sobre desafios de envelhecer no século 21

O evento insere-se nos preparativos para a 5ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa 2019
Desafios de envelhecer com qualidade e com políticas públicas voltadas à terceira idade. Crédito da foto: Marcelo Amargo/Agência Brasil.

Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, promovida pela Secretaria da Cidadania e Participação Popular (Secid) e o Conselho Municipal do Idoso (CMI), acontece nesta quinta-feira (27), das 8h às 12h, no Salão de Vidro da Prefeitura.

O evento insere-se nos preparativos para a 5ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa 2019, lançada pelo governo federal em dezembro de 2018 como um espaço democrático para a participação da sociedade civil na elaboração de políticas públicas. Os debates serão desenvolvidos a partir do tema “Os desafios de envelhecer no século 21 e o papel das políticas públicas”.

A conferência será aberta pela palestra “Os Conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas”, a ser apresentada pelo presidente do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Sorocaba, José Marcos de Oliveira.

Leia mais  Sorocaba tem plano mais brando que SP
Política sobre Drogas recebe opiniões em audiência
Suélei Gonçalves Flores, secretária da Secid. Crédito da foto: Emidio Marques

Na sequência, os participantes serão divididos em quatro grupos temáticos, com os eixos “Direitos fundamentais na constituição/efetivação das políticas”; “Educação: assegurando direitos e emancipação humana”; “Enfrentamento da violação dos direitos humanos da pessoa idosa” e “Os conselhos de direito: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas”.

De acordo com a titular da Secid, Suélei Gonçalves, “a conferência municipal é um importante espaço de diálogo entre governo e sociedade, com a missão de tornar a pessoa idosa protagonista nas melhorias das ações desenvolvidas”. A Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa também vai estabelecer diretrizes que serão encaminhadas às conferências estadual (de 5 a 7 de agosto) e nacional, em novembro. (Da Redação)

Comentários