Sorocaba e Região

Comércios em desacordo a decreto municipal são fechados em Sorocaba

Outros cinco estabelecimentos, porém, foram reabertos por se readequarem aos procedimentos vigentes
Comércios fora da quarentena são fechados
Fiscalização da Prefeitura já visitou 176 estabelecimentos desde 29 de junho; 15 foram fechados só ontem. Crédito da foto: Divulgação / Secom Sorocaba (7/7/2020)

O setor de fiscalização da Secretaria de Segurança Urbana (Sesu) de Sorocaba fechou nesta terça-feira (7) mais 15 lojas em desacordo ao que determina o decreto municipal que restringe o funcionamento de comércios e serviços não essenciais na cidade enquanto perdurar a classificação vermelha do Plano São Paulo. Outros cinco estabelecimentos foram reabertos por se readequarem aos procedimentos vigentes.

Conforme a Prefeitura, desde 29 de junho, período de vigência do decreto 25.799/2020, a fiscalização já visitou 176 estabelecimentos. Já puderam ser reabertos 45 deles, que compreenderam a emergência sanitária e passaram a atender conforme as normas atuais. As ações orientam o respeito ao distanciamento social, uso de álcool em gel 70% e uso de máscaras faciais, entre outras.

Conforme o chefe de Divisão de Posturas Mobiliárias e Imobiliárias, Fabiano Proença, os fiscais atuam na orientação e fecham os estabelecimentos na primeira visita caso seja constatado desrespeito ao decreto, além de emitirem notificação para que se regularizem. A reabertura acontece em uma segunda visita que deverá ser solicitada ao setor, após atendimento das regras estabelecidas.

As diligências já ocorreram na região central e nos bairros Wanel Ville, Jardim Ipiranga, Jardim Simus, Júlio de Mesquita, Prestes de Barros, Jardim Boa Esperança, Éden, Maria Antônia Prado e Santa Lucília. A fiscalização também visita corredores comerciais como as avenidas São Paulo, Juscelino Kubitschek, General Carneiro, Elias Maluf, Paulo Emanuel de Almeida, Itavuvu e as ruas Nogueira Padilha e Américo Figueiredo.

Leia mais  Museus e bibliotecas de Sorocaba terão passeios virtuais via mídias sociais

 

Os canais para denúncias de ilegalidade de funcionamento do comércio são o site www.sorocaba.sp.gov.br/atendimento/; o WhatsApp (15) 99129-2426; ou o telefone 156 da ouvidoria da Prefeitura, disponíveis de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Aos finais de semana e feriados, a orientação é acionar o número 153 da Guarda Civil Municipal (GCM). (Da Redação, com informações da Prefeitura de Sorocaba)

Comentários