Buscar no Cruzeiro

Buscar

Comércio funciona mesmo na fase vermelha em Sorocaba

26 de Dezembro de 2020 às 18:14
Wilma Antunes [email protected]

No Centro, muitas pessoas caminhavam com sacolas e vendedoras tentavam atrair consumidores para as lojas abertasCrédito da foto: Fábio Rogério

 

Mesmo na fase vermelha do Plano São Paulo, parte do comércio do centro de Sorocaba ignorou o decreto estadual e abriu normalmente neste sábado (26). As lojas amanheceram lotadas. Nas ruas, muitas pessoas caminhavam com sacolas e vendedores tentavam atrair consumidores, bastante deles com crianças, para dentro dos estabelecimentos.

O gerente de uma loja de roupas que preferiu não se identificar, disse que o movimento do comércio, comparado ao Natal do ano passado, foi abaixo do esperado. Para ele, os clientes foram a loja com mais frequência antes do feriado. Depois do dia 22 de dezembro, o fluxo diminuiu. “Nos dias 23, 24 e 25 o movimento foi bem fraco, a gente esperava mais. Para ser bem sincero, tínhamos uma expectativa muito maior” conta.

A expectativa do funcionário é de que, na semana que vem, essas pessoas voltem ao estabelecimento para fazer as trocas das compras. Questionado sobre a abertura do comércio mesmo com as regras mais duras para a quarentena, o gerente disse que a loja não recebeu permissão para o funcionamento, mas, devido questões financeiras, decidiu abrir por conta própria. “Teve bastante comércio que abriu, nós sentimos que estava bem tranquilo” conta.

Também foi flagrado um fluxo intenso de pessoas em outra loja da área central. O gerente do comércio informou que a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) do estabelecimento permite a abertura, mesmo na fase mais restritiva do Plano São Paulo. “ Somos classificados como supermercado, vendemos produtos essenciais” diz.

O gestor conta que o movimento na loja neste sábado foi acima do esperado, superando até mesmo o feriado do ano passado, quando ainda não havia pandemia da Covid-19. “Houve muita gente que estava atrasada com os presentes de Natal, o que aumentou a concentração de pessoas” finaliza.

Fase vermelha

O Estado de São Paulo voltou para a fase 1 (vermelha), a mais restritiva do Plano São Paulo, e deve retornar para a fase amarela na segunda-feira (28). As determinações voltam a valer no Ano Novo, do dia 1º a 3 de janeiro de 2021. Durante a vigência do decreto estadual, apenas os serviços essenciais podem funcionar. O objetivo do rebaixamento temporário é evitar o aumento de novos casos, mortes e internações pela Covid-19 após as festas de fim de ano. (Wilma Antunes)

Crédito da foto: Fábio Rogério