Sorocaba e Região

Comércio abre hoje para compras de Natal

Amanhã as lojas também funcionarão em horário especial para atender os consumidores de última hora
Comércio abre hoje para compras de Natal
Boulevard Braguinha, no centro da cidade, ficou lotada ontem por pessoas em busca dos últimos presentes para a data. Crédito da foto: Erick Pinheiro

Quem ainda pretende comprar presentes de Natal pode aproveitar que a maior parte do comércio estará excepcionalmente aberta hoje. Segundo a Associação Comercial da Sorocaba (Acso), a abertura do comércio na região central será facultativa das 8h às 14h. Amanhã, véspera de Natal, o funcionamento será das 8h às 18h. Os shoppings centers também terão horário especial estendido hoje e amanhã para garantir que ninguém deixe de comprar o presente de Natal para familiares e amigos. Já na terça, o comércio não abre.

No Pátio Cianê, as lojas funcionam das 10h às 22h hoje, e amanhã, véspera de Natal, o horário de funcionamento é das 10h às 18h. Na terça, dia de Natal, o Pátio Cianê funciona das 12h às 20h, mas somente a Praça de Alimentação e as atividades de lazer. No Iguatemi Esplanada, hoje as lojas estarão abertas das 10h às 22h e na amanhã das 10h às 18h. Na terça, as lojas do shopping permanecem fechadas enquanto as áreas de lazer e alimentação têm funcionamento opcional das 11h às 20h. No Cidade Sorocaba as lojas também abrem hoje das 10h às 22h, na segunda das 10h às 18h e na terça o shopping estará fechado. Já no Sorocaba Shopping as lojas também funcionam hoje das 10h às 22h, na segunda das 10h às 18h e na terça a abertura é facultativa, com a alimentação e lazer funcionando das 13h às 19h.

Leia mais  Shoppings de Sorocaba e região anunciam suspensão das atividades

Sábado movimentado

O movimento de consumidores em busca de presentes de Natal foi intenso ontem pela manhã no comércio, no Centro de Sorocaba. Muitas pessoas aproveitaram o horário estendido das lojas, até às 18h, para comprar o que ainda faltava para presentear familiares e amigos.

Segundo pesquisa da Acso, neste ano a data promete aumentar as vendas de Natal em até 3%, em comparação ao mesmo período do ano passado. Além disso, 83% dos entrevistados pretendem comprar presentes, sendo que 65% dos presenteados serão os familiares. Entre os produtos mais procurados, segundo o estudo, as roupas e acessórios lideram (25%), seguidos dos brinquedos (15%), eletrônicos (14%), perfumaria e produtos de beleza (12%), eletrodomésticos (9%), calçados (8%) e artigos esportivos (5%). Ainda de acordo com a pesquisa, em média os sorocabanos devem gastar até R$ 200 com os presentes de Natal (32%), entre R$ 201 e R$ 350 (20%) e acima de R$ 800 (18%).

Comércio abre hoje para compras de Natal
Jair deixou para comprar presentes mais perto do Natal. Crédito da foto: Erick Pinheiro

O aposentado Jair Rodrigues de Oliveira Nascimento, 59 anos, aproveitou o sábado para compras roupas de presente de Natal nas lojas do comercio no centro. Ele disse que em virtude de outros compromissos acabou deixando para comprar os presentes para os familiares e amigos bem próximo do Natal. Jair achou que as lojas estavam movimentadas, mas esperava um movimento ainda maior. “Acredito que as pessoas ainda estão chegando”, disse. Jair disse que gastou R$ 400 com os presentes de Natal comprados ontem. “Os preços não estavam muito convidativos, achei algumas peças caras”, conta.

Leia mais  Acidente em fábrica de cimento deixa dois feridos em Salto de Pirapora
Comércio abre hoje para compras de Natal
Alexandre: boas vendas. Crédito da foto: Erick Pinheiro

Já o gerente de uma loja de calçados na esquina das ruas Barão do Rio Branco e Dr. Braguinha, Alexandre Lucas Martins, afirma que o maior movimento na loja ocorreu na sexta (21). Ele acredita que as vendas de Natal este ano serão melhores do que o mesmo período do ano passado. “Na sexta o movimento foi muito intenso e foi o melhor dia em vendas neste mês. A estimativa é que a loja venda neste Natal 20% a mais do que na data anterior. “Os calçados femininos são os produtos mais vendidos para o Natal, pois as mulheres sempre compram mais sapatos e sandálias”, afirma.

Segundo o economista da Acso, Rafael Muscari, 40% dos consumidores deixaram para fazer suas compras na segunda quinzena de dezembro. O presidente da Acso, Sérgio Reze, orienta que é tempo de presentear as pessoas queridas, porém, com consciência. “É importante avaliar o que realmente precisa comprar e gastar de acordo com as possibilidades”, pondera. (Ana Cláudia Martins)

Comentários