Sorocaba e Região

Coleta de Alimentos mobiliza voluntários e doadores em mercados de Sorocaba

Ação também aconteceu em outras 56 cidades. Doações serão encaminhadas para famílias carentes
Coleta de Alimentos mobiliza voluntários e doadores em mercados de Sorocaba
Arrecadações irão inicialmente para o Banco de Alimentos de Sorocaba. Crédito da foto: Fábio Rogério

Uma experiência de solidariedade marcou mais uma edição da campanha do Dia Nacional de Coleta de Alimentos, realizada ontem em Sorocaba e que abrange um total de 57 cidades. A proposta é arrecadar alimentos que serão doados a entidades assistenciais e famílias carentes, por meio do Banco de Alimentos do Ceagesp local.

Os locais designados para a campanha na cidade foram os supermercados Walmart; Coop Árvore Grande e Itavuvu; Barbosa Itavuvu e Carrefour Sônia Maria e Iguatemi/Esplanada.

Coleta de Alimentos mobiliza voluntários e doadores em mercados de Sorocaba
Marli Ribeiro, dona de casa. Crédito da foto: Fábio Rogério

No Carrefour Sônia Maria, a dona de casa Marli Ribeiro, de 48 anos, explicou porque fez sua doação de alimentos à campanha: “A gente tem que colaborar porque é a parte da caridade, é preciso estar ajudando quem precisa.” O segurança Naldo Silva, de 40 anos, ao depositar o alimento no carrinho da arrecadação, falou da sua satisfação: “Muito bom. É bom ajudar os outros quando você pode, sempre é bom.”

Coleta de Alimentos mobiliza voluntários e doadores em mercados de Sorocaba
Naldo Silva, segurança. Crédito da foto: Fábio Rogério

O administrador Juliano Fumignan, de 42 anos, também falou sobre sua colaboração: “Satisfatório, precisamos ajudar o próximo, fundamental.” Na mesma linha de raciocínio, a dona de casa Doralice Matos, de 60 anos, resumiu: “É muito gratificante.”

A responsável pela coleta de alimentos no Carrefour Sônia Maria, Eloísa Colombo, disse que o objetivo também é proporcionar experiência de solidariedade aos quase 200 voluntários que participam da campanha em Sorocaba: “Essa experiência que é bonita, momento em que as pessoas podem se doar, um gesto de solidariedade.”

Leia mais  Procon orienta sobre compras para Páscoa
Coleta de Alimentos mobiliza voluntários e doadores em mercados de Sorocaba
Gustavo Bertolla, voluntário. Crédito da foto: Fábio Rogério

O estudante Gustavo Lourenço Bertolla, de 20 anos, apresentou-se como voluntário para trabalhar na abordagem de pessoas para participarem da campanha. Ele justificou a iniciativa: “Acredito no seguinte princípio: que fazer o bem faz bem. Eu me sinto bem ajudando outras pessoas.” Outros estudantes de várias escolas e universidades participaram como voluntários.

Coleta de Alimentos mobiliza voluntários e doadores em mercados de Sorocaba
Um grupo de 18 jovens do Grupo Escoteiro Monte Serrat 432 participou da ação. Crédito da foto: Fábio Rogério

Como num aplauso de agradecimento para quem entregava os produtos, cada doação era acompanhada de gritos em coro de “bravo, bravo, bravíssimo” pronunciados por 18 jovens do Grupo Escoteiro Monte Serrat 432. A chefe do Grupo, Carla Sugauara, disse que o grupo trabalha com cinco temas: intelectual, espiritual, social, emocional, físico. “O escotismo é muito importante na formação, esses cinco lados trabalhados formam o cidadão de bem”, disse Carla.

Entre os alimentos solicitados para doação estavam achocolatado, açúcar, leite em pó, arroz, feijão, óleo, molho de tomate, farinhas (milho, trigo, mandioca), enlatados (milho, ervilha, seleta, sardinha). Cada doador recebia um marcador de livro com mensagens nas quais se destacava a palavra “Obrigado”.

Números

Quem coordena a campanha em Sorocaba é o juiz de direito aposentado José Antonio Colombo. Segundo ele, no ano passado foram arrecadados, entre as cidades participantes, 174.020 quilos de alimentos, o equivalente a R$ 764.550,48. A campanha mobilizou 6.198 voluntários e beneficiou 105.081 pessoas.

Leia mais  Polícia Civil de Sorocaba incinera três toneladas de drogas

Para este ano, a expectativa é conseguir 180 toneladas. Com as doações são formadas cestas para serem encaminhadas ao Banco de Alimentos de Sorocaba, que se encarregará de fazer a distribuição aos necessitados.

História

A iniciativa é promovida anualmente pela Companhia das Obras do Brasil (CdO) e pela Fondazione Banco Alimentare, da Itália. Nasceu em 1986 na Itália a partir da experiência do Movimento Católico Comunhão e Libertação. Sua missão é promover e defender a dignidade do indivíduo na sociedade e no ambiente de trabalho, tutelar a criação de obras sociais e empresas, privilegiando uma concepção de mercado e suas regras, capaz de compreender e respeitar a pessoa em todos os seus aspectos e/ou momentos da vida.

Sobre a justificativa das ações, os atividades da solidariedade utilizam uma frase do papa Francisco no Dia Mundial dos Pobres em 2017: “O que investimos em amor permanece, o resto desaparece. Hoje podemos nos perguntar: Para mim, o que conta na vida, onde invisto?”

Comentários