Sorocaba e Região

City substitui STU a partir do dia 2 de abril

A City fará a substituição gradativa dos ônibus atuais pelos novos modelos
City substitui STU a partir do dia 2 de abril
Operação começa com 50 ônibus zero. Crédito da foto: Secom Sorocaba

A partir do próximo dia 2 de abril, a frota do transporte público coletivo de Sorocaba contará com 50 ônibus zero quilômetros, equipados com ar-condicionado, sistema de internet sem fio e acessos USB para carregar celulares.

A Urbes Trânsito e Transporte informa que a entrada em funcionamento desses novos veículos é decorrente da contratação da empresa City Transporte Urbano Intermodal, que vai substituir a Sorocaba Transportes Urbanos (STU), na operacionalização do chamado lote 2 do transporte coletivo.

A City fará a substituição gradativa dos ônibus atuais pelos novos modelos. Além desses 50, outros 103 também serão trocados por modelos mais novos. Ou seja, a nova empresa vai operar com 153 veículos mais modernos. “O objetivo é oferecer à população de Sorocaba um nível de serviço superior ao que foi entregue até agora e com menor custo. E adiantamos que todos os atuais funcionários da STU serão contratados pela City”, explica o diretor-presidente da Urbes, Luiz Carlos Siqueira Franchim.

Leia mais  Feriado antecipado em Sorocaba tem baixo impacto na taxa de isolamento

A empresa foi selecionada para prestar o serviço de forma emergencial, após pesquisa de mercado e cotação de preços, realizadas pela Urbes. Quatro empresas do setor foram procuradas, incluindo a STU, e a City foi a que cumpriu todas as exigências documentais e de preços. Os contratos firmados pela Urbes, para operação do transporte público, asseguram todo o equilíbrio financeiro da contratação.

A Urbes prevê que o novo edital, para contratação de empresa que prestará o serviço em definitivo na cidade, quanto ao lote 2 do transporte público, será lançado em até 30 dias. “Da mesma forma, vamos exigir um modelo de negócio com carros mais modernos e tecnológicos, prezando sempre pela qualidade do serviço e a economicidade ao Poder Público”, disse Franchim.

O atual processo, realizado pela gestão municipal anterior, está suspenso, em função de questionamento realizado pelas concorrentes do certame. (Da Redação, com informações da Secom Sorocaba)

Comentários