Sorocaba e Região

Ciclista morre atropelado na Castelinho em Sorocaba

Fisioterapeuta de famosos como Átila Abreu, Rodrigo Ibañes chegou a ser socorrido mas não resistiu
O profissional era fisioterapeuta de atletas. Crédito da foto: Divulgação

Atualizada às 17h27

O ciclista e fisioterapeuta Rodrigo Ibañes, de 36 anos, morreu na manhã desta terça-feira (23), após ser atropelado por um veículo na rodovia José Ermírio de Moraes (SP-75), a Castelinho, em Sorocaba. De acordo com a CCR ViaOeste, concessionária que administra o trecho, o carro e o ciclista se envolveram em uma colisão transversal, próximo ao quilômetro 7.

A Polícia Rodoviária informou que o homem tentava atravessar a faixa, quando foi atingido pelo veículo. Ele foi socorrido, ainda com vida, pela equipe de resgate e encaminhado para o Hospital Regional de Sorocaba, mas não resistiu aos ferimentos.

A rodovia precisou ser parcialmente interditada por cerca de uma hora. Não houve registro de congestionamento.

Ciclista com várias competições no currículo, Ibañes era bastante conhecido no meio esportivo. Além disso, atuava como fisioterapeuta e treinador de outros esportistas.

Leia mais  OAB faz campanha para doação de ovos de Páscoa em Sorocaba

Um deles, o piloto Átila Abreu, da StockCar, se despediu do amigo e fisioterapeuta pelas redes sociais. “Difícil de acreditar que você partiu, meu amigo”, escreveu. O piloto ainda agradeceu pelo tempo de convivência: “Fica o carinho, respeito e admiração pelo ser humano e profissional que foi.”

Crédito da foto: Reprodução/Redes Sociais/Átila Abreu

(Da Redação)

 

 

Comentários