Buscar no Cruzeiro

Buscar

Chuva provoca quedas de árvores em Sorocaba

11 de Fevereiro de 2021 às 15:46

Na rua Cônego Lúcio Floro Graziozi, no bairro Ipanema Ville, uma árvore caiu sobre a cerca de um terreno. Crédito da foto: Pedro Negrão (11/02/2021)

Atualizada às 16h15

A forte chuva que atingiu Sorocaba na tarde desta quinta-feira (11) causou quedas de árvores. Segundo o Corpo de Bombeiros, até o momento, duas ocorrências foram registradas na cidade. Ninguém se feriu. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), até agora, choveu 11.8 milímetros no município.

Em razão do temporal, uma árvore caiu sobre a cerca de madeira de um terreno na rua Cônego Lúcio Floro Graziozi, no bairro Ipanema Ville, zona norte. O incidente ocorreu na altura do número 25. A área pertence a uma casa e fica ao lado da residência. O imóvel não foi atingido.

Outro incidente foi registrado na rua Rogério Pedroso Souza, no Éden, zona industrial. Parte de uma árvore de grande porte caiu sobre o telhado da casa número 861, provocando danos materiais. No momento da chuva, não havia ninguém no imóvel. A dona da residência,  Marlene Felicio, 68 anos, foi avisada sobre o fato por vizinhos. Eles também acionaram os bombeiros. Marlene disse que pretende acionar a Prefeitura de Sorocaba por conta dos estragos causados na casa.

Na rua Rogério Pedroso Souza, no Éden, uma árvore caiu sobre a via e em cima do telhado de uma casa. Crédito da foto: Pedro Negrão (11/02/2021)

Com a queda, os fio da rede elétrica igualmente foram atingidos, e a residência dela ficou sem energia elétrica. Funcionários da CPFL Energia também estão na rua e tentam solucionar o problema.

Os galhos bloquearam um trecho da rua. Por isso, o trânsito está bloqueado.

De acordo com moradores, a árvore que caiu e uma outra, ambas de grande porte, ficam na calçada de uma creche municipal. Eles afirmam já terem comunicado à Prefeitura sobre o risco de queda das duas, com possibilidade de atingirem, inclusive, o muro da unidade de ensino infantil. Porém, informam os residentes, nenhuma providência foi tomada. (Da Redação, com informações de Ana Cláudia Martins)