Sorocaba e Região

Centro de Paraquedismo de Boituva retoma atividades

Decreto municipal libera o funcionamento do local, bem como do Balonismo; medidas de higiene e distanciamento devem ser seguidas
No Centro Nacional de Paraquedismo de Boituva, estão permitidos os saltos individuais. Crédito da foto: Pedro Negrão/ Arquivo JCS (13/11/2011)

 

O Centro Nacional de Paraquedismo de Boituva retomou as atividades, com permissão para saltos individuais. Um decreto municipal, publicado na sexta-feira (17), libera o funcionamento do local, bem como do Balonismo. Ambos só poderão operar com lotação máxima de 50% da capacidade. Também estão suspensos os saltos e voos para pessoas pertencentes ao grupo de risco da Covid-19.

A reabertura  foi autorizada de acordo com o ofício encaminhado pela Secretaria Estadual de Esportes, do governo do Estado de São Paulo, desde que seguidas regras de higiene e distanciamento recomendadas pelos órgãos de saúde.

Leia mais  Boituva lança canal para apoiar comércio local

 

Conforme o decreto, deverá ser respeitado o distanciamento de 1,5m nos locais de embarque e desembarque. Além disso, deverá ser aferida a temperatura dos frequentadores e fornecidas orientações gerais, com fixação de cartazes contendo as informações. Os locais devem, ainda, garantir que todos utilizem máscara e higienizem as mãos com água e sabão e/ou álcool em gel 70%. Demais medidas de higiene também estão previstas nas áreas externas e no interior das aeronaves e balões. Nos balões, especificamente, deverá ser instalada uma proteção de acrílico, lona plástica ou similares, para isolar o piloto dos passageiros. Também fica proibido o fornecimento de qualquer tipo de alimento aos passageiros.

Os check-ins e agendamentos deverão ser feito por meio de aplicativo ou pela internet, com antecedência. (Da Redação, com informações da Prefeitura de Boituva)  

 

Comentários