Sorocaba e Região

Central recebeu mais de 50 mil solicitações em 2020

Com alta demanda, prefeitura promete melhorar seus canais de atendimento
A Central de Atendimento é ligada à Ouvidoria Geral do Município e recebe diversas demandas da população sorocabana. Crédito da foto: Fernando Rezende

A Central de Atendimento, ligada à Ouvidoria Geral do Município, recebeu em 2020, no total, 50.833 solicitações, segundo dados da Prefeitura de Sorocaba. O número, no entanto, é 15,68% menor do que o total registrado em 2019, quando a Central de Atendimento recebeu 60.288 solicitações, entre reclamações, críticas, sugestões, elogios e outras demandas.

De acordo com os dados da Prefeitura de Sorocaba, no ano passado foram registradas, por meio do telefone 156, o total de 17.785 manifestações. No mesmo período, foram registradas 12.326 solicitações por meio do site e 20.722 por meio do WhatsApp da Ouvidoria.

Apesar da queda nos números a demanda é alta e os moradores de Sorocaba reclamam da dificuldade em registrar as solicitações na Central de Atendimento, principalmente pelo telefone 156. Um morador, que não quis se identificar, disse que na última segunda-feira (25) tentou registrar uma denúncia nos períodos da manhã e da tarde, mas não conseguiu. Segundo ele, o telefone só dava sinal de ocupado.

Leia mais  Votorantim tem 45 novos casos de Covid-19, e Araçoiaba, 15

Questionada a respeito, a Prefeitura de Sorocaba afirma que a atual administração reconhece a necessidade de melhorias nos atendimentos recebidos pela Central de Atendimento via 156, e que tais medidas já estão sendo realizadas.

Conforme a Prefeitura, existe a necessidade de ajuste da situação de sobrecarga de trabalho das telefonistas, em razão das restrições impostas pela pandemia da Covid-19, que exigem a permanência de colaboradores do grupo de risco em home-office.

Além disso, a administração atual informa que deu encaminhamento às seguintes medidas de urgência para realizar melhorias na Central de Atendimento: finalização do aplicativo da Ouvidoria, para que já possa estar a serviço da população; aquisição de novo aparelho de PABX, para que o serviço de telefonia passe a ser eletrônico, de forma a otimizar e melhorar a qualidade do atendimento, tanto da Central de Atendimento, ligada à Ouvidoria, quanto da telefonia em geral da Prefeitura; e melhorias e informatização do WhatsApp, que atualmente é respondido manualmente pelos funcionários.

“Ainda será criada uma ouvidoria externa, em que os munícipes serão atendidos presencialmente em pontos estratégicos da cidade, como nos terminais de ônibus, região central e nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). A ideia é abrir novos canais de atendimento e otimizar os serviços oferecidos à população pela Ouvidoria”, informou. Porém, não foi informado quando tais ações estarão disponíveis. (Ana Cláudia Martins)

Comentários