Sorocaba e Região

Cemitérios de Sorocaba continuam abertos, mas com restrições sanitárias

Após sete meses fechados, os locais reabriram na última segunda-feira (2), Dia de Finados
Cemitérios estão abertos, mas com restrições sanitárias
Controle do número de visitantes é uma das novas normas. Crédito da foto: Vinicius Fonseca (2/11/2020)

Reabertos pela Prefeitura de Sorocaba no última segunda-feira (2), Dia de Finados, após sete meses fechados por conta da pandemia do novo coronavírus, os cemitérios da cidade poderão continuar recebendo visitas, respeitando uma série de medidas sanitárias determinadas pela Secretaria de Saúde (SES).

Conforme instrução normativa publicada no último dia 29, os cemitérios públicos ficam abertos diariamente das 8h às 16h30 e o horário de visitação dos cemitérios particulares é de, no máximo, 12 horas.

No entanto, os cemitérios devem permitir a entrada e permanência de pessoas em até 60% da capacidade operacional, realizar o controle de entrada e saída de visitantes, estabelecer o distanciamento de dois metros entre pessoas de núcleos familiares distintos e demarcar o piso ou dispor de outras formas de barreiras físicas de forma a manter o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas em eventuais filas de espera, na área interna ou externa.

Leia mais  Desde o início da pandemia, 355 servidores municipais já tiveram Covid-19

A norma reforça a obrigatoriedade de visitantes e funcionários a usarem máscaras faciais e álcool gel a 70% para higienização da mãos e proíbe a realização de cultos ou atividades similares que gerem aglomeração de pessoas. Segundo a prefeitura, os estabelecimentos particulares que descumprirem instrução normativa são primeiramente notificados e depois, em nova fiscalização, se não tiverem adequado às normas, podem receber multa.

Além do protocolo visando o combate à Covid-19, a Divisão de Zoonoses, da SES, orienta que a população leve flores sem sacos plásticos ou papéis celofane a fim de evitar criadouros do mosquito Aedes aegypti. Outra medida importante é não utilizar pratos de vasos de plantas. O ideal, destaca a pasta, é optar por vasos de plantas com furos embaixo, para escoar a água. Outra opção é o uso de flores artificiais, pois plantas naturais precisam de vaso com água. (Felipe Shikama)

Comentários