Sorocaba e Região

Câmara inicia processo para reforma e ampliação de prédio

Projeto prevê construção de deck, jardins de inverno e restaurante no local
Câmara inicia processo para reforma e ampliação de prédio
Licitação para contratação de projeto arquitetônico está em andamento e aguarda homologação. Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (24/8/2017)

A Câmara de Sorocaba está com um processo licitatório em andamento para reformas do prédio, que fica no Alto da Boa Vista. O objeto é o serviço de elaboração de projeto arquitetônico complementar e de acompanhamento da obra de reforma do local. O esboço do projeto arquitetônico demonstra o interesse em se construir novas áreas na Câmara, além de promover mudanças de ambientes já existentes. O processo licitatório ainda não foi homologado.

O valor total máximo para contratação é de R$ 184.666,67, entretanto, as empresas que se apresentaram para o certame ofereceram valores bem menores ao previsto. A ata de sessão pública, disponível no site da Câmara de Sorocaba, mostra que seis empresas se apresentaram com interesse em participar do processo licitatório, com a apresentação de valores entre R$ 92 mil e R$ 180 mil. Na segunda fase dos lances, porém, o menor valor apresentado e selecionado no processo foi de R$ 55 mil. Vale frisar que o edital prevê até 25% de variação, como acréscimos ou supressões ao contrato, ou seja, para mais ou para menos.

Leia mais  App de transporte libera em Sorocaba ferramenta para gravação de áudio

Pelo esboço do projeto arquitetônico, disponível no processo licitatório, a Câmara terá um deck externo com pergolado com mesas e área de convívio com bancos. Além disso, também há a previsão de jardineiras com barreiras verdes. As mudanças seguem para o plenário da Casa, que terá uma sala auxiliar para reuniões. Haverá ainda mudanças relacionadas aos banheiros públicos da Câmara. O esboço também traz fraldário, jardins de inverno e um restaurante, além de mais uma cozinha.

O esboço ainda demonstra que algumas paredes da Câmara serão demolidas, como, por exemplo, no local onde será a sala auxiliar do plenário e nos novos banheiros para os vereadores. O restaurante terá pelo menos trinta lugares, enquanto que o deck externo terá ao menos 40 lugares.

Conforme a Câmara de Sorocaba, entretanto, ainda não houve a homologação do processo licitatório, uma vez que está em fase de recurso. De acordo com o processo, uma das empresas que perdeu a licitação entrou com recurso na tentativa de inabilitar a vencedora, o que foi acatado pela Câmara. Nesta quarta-feira (19), a empresa que havia vencido a licitação, a JHRizzo Engenharia, apresentou contrarrazões. A situação ainda não foi julgada pela Câmara. (Marcel Scinocca)

Comentários