Covid-19 Sorocaba e Região

Câmara de Sorocaba confirma 11 casos de Covid-19 em janeiro

Entre os contaminados confirmados está o vereador Cristiano Passos (Republicanos), que recebeu alta médica na noite do dia 23
O prédio passou por um processo de desinfecção antes da retomada dos trabalhos presenciais nesta segunda-feira. Crédito da foto: Fernando Rezende

A Câmara de Sorocaba confirmou mais dois casos de assessores com Covid-19. Com isso, desde o começo do ano, o Legislativo já contabiliza 11 casos da doença, segundo balanço divulgado na sexta-feira (29). Os trabalhos presenciais serão retomados nesta segunda-feira (1º).

Os dados foram divulgados pelo secretário Geral da Casa, Jonata Mena, durante uma transmissão ao vivo pela TV Câmara. Outro funcionário está em isolamento por suspeita de estar com vírus, aguardando o resultado dos exames.

Entre os contaminados confirmados está o vereador Cristiano Passos (Republicanos), que recebeu alta médica na noite do dia 23. Ele apresentou apenas sintomas leves, como cansaço e dores no corpo, e cumpriu isolamento em casa. Sua esposa também contraiu a doença, apresentou sintomas leves e passa bem.

A Câmara de Sorocaba está fechada desde o dia 15 de janeiro por conta do novo surto de Covid-19. Os servidores passaram a trabalhar no sistema “home-office”, em jornadas compatíveis com sua carga horária.

De acordo com Mena, foi montado um sistema virtual para que os vereadores continuassem com os trabalhos de forma remota em janeiro. Nesse período, foram protocolados 55 projetos de lei pela plataforma on-line, além de dois projetos de alteração à lei orgânica, três moções, 118 indicações e 99 requerimentos.

Leia mais  Mãe obtém na Justiça ordem para filha ‘não passar de ano’
Cristiano Passos testa positivo para Covid-19. Crédito da foto: Reprodução/Redes Sociais/Cristiano Passos

“Os vereadores continuaram ativamente os seus trabalhos nos bairros, por telefone e redes sociais, prova disso são os números de encaminhamentos. A Casa também fez uma reestruturação para o retorno para suprir as demandas de vereadores que optaram pelo protocolo tradicional, presencialmente”, afirmou o porta-voz.

Em agosto de 2020, o Legislativo registrou o primeiro surto de Covid-19. À época, vários vereadores foram diagnosticados com a doença e o prédio também ficou fechado por 15 dias. Desde março de 2020, quando a pandemia começou, a Câmara registrou 43 casos confirmados, sendo 10 vereadores.

Prédio passa por desinfecção

A sede do Poder Legislativo passou por um processo de desinfecção e os funcionários foram submetidos a uma nova testagem de Covid-19. O prédio do Legislativo volta a abrir amanhã (1º), ainda com a limitação para o público externo, seguindo recomendação do Plano São Paulo de combate ao novo coronavírus.

“Estamos usando um produto que é utilizado em salas de cirurgias e hospitais, acreditando que essa situação tenha sido sanada e estamos prontos para receber o retorno dos funcionários em sistema de revezamento, das 8h às 14h. Ficaremos fechados até uma possível mudança de fase no Plano São Paulo”, explicou.

Leia mais  Idosos a partir dos 83 anos serão vacinados neste sábado (27)

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Sorocaba decidiu na última quinta-feira (28) pela volta das sessões legislativas às terças e quintas-feiras, a partir do próximo dia 2, quando termina o recesso legislativo, de modo virtual. A decisão anula a limitação a uma sessão semanal tomada em 2020.

A sessão virtual é transmitida ao vivo pela TV Câmara (canal 31.1), Rádio Câmara (Web) e pelas mídias oficiais do Poder Legislativo sorocabano no Facebook, YouTube e Twitter. (Jomar Bellini)

Comentários