Sorocaba e Região

BRT Sorocaba começa a operar em 30 de agosto

Na primeira etapa de funcionamento, os ônibus percorrerão o Corredor Itavuvu eixo Norte/Sul

 

A primeira etapa do BRT começará a operar no fim de agosto em Sorocaba. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (13/08/2020)

Atualizada às 20:07

A primeira etapa do novo sistema de transporte público de Sorocaba, o BRT (ônibus rápido), começa a operar no dia 30 de agosto. O anúncio foi feito na manhã de ontem (13) pela prefeita Jaqueline Coutinho (PSL), durante entrevista coletiva à imprensa na entrega das obras do novo Terminal Vitória Régia e do corredor Itavuvu do BRT Sorocaba.

Nesta primeira etapa de funcionamento, serão 43 veículos novos circulando pelo corredor Itavuvu eixo Norte/Sul. Esse sistema contará com 14 ônibus superarticulados, de 23 metros, e outros 29 padron.

O corredor Itavuvu tem, no total, 12 estações do BRT, sendo duas de integração. Ontem, algumas estações do BRT na avenida Itavuvu ainda não estavam totalmente finalizadas.

O início da operação do primeiro trecho do sistema BRT Sorocaba contemplará seis linhas dos bairros Vitória Régia, Paineiras e Laranjeiras com destino ao Terminal Santo Antônio, além de uma linha que fará a ligação do eixo norte-sul, saindo do Terminal Vitória Régia em direção ao bairro do Campolim. A estimativa de passageiros é de, aproximadamente, 120 mil pessoas circulando no corredor Itavuvu, corredor Sul, parte da Área Central, corredor General Osório e Terminal Vitória Régia.

O novo Terminal Vitória Régia também abriga o Centro de Controle Operacional, que comandará, em tempo real, toda a operação do novo sistema de transporte público da cidade. O BRT Sorocaba destacou que todos os ônibus são equipados com ar-condicionado, wi-fi, tomadas USB e câmeras de monitoramento, entre outros recursos tecnológicos.

Viagem técnica

Antes da entrega do Terminal Vitória Régia, a prefeita de Sorocaba fez uma viagem técnica com a imprensa em um dos ônibus superarticulados do BRT Sorocaba. O objetivo foi apresentar a estrutura do novo sistema. O coletivo partiu às 9h30 da Estação UPH Zona Norte, no início da avenida Itavuvu. O ônibus percorreu o corredor da avenida até o novo Terminal Vitória Régia.

“Entregamos o novo Terminal Vitória Régia, que faz parte do eixo Itavuvu do Sistema BRT Sorocaba. Trata-se de uma inovação para a mobilidade de nossa cidade, que traz mais qualidade e agilidade para quem usa o transporte coletivo. Agradeço àqueles que se empenharam para que o BRT se tornasse real! É a realização de um sonho de todos que trabalham para uma cidade melhor, unidos pelo empreendedorismo e pela qualidade de vida”, destacou a prefeita.

Já o diretor da concessionária BRT Sorocaba, Luiz Alexandre Massariol, disse que Sorocaba é a primeira cidade do Estado de São Paulo a receber o novo sistema de mobilidade urbana, que é referência nacional pelo investimento em tecnologia, inovação e sustentabilidade, além de proporcionar ao usuário conforto, segurança, eficiência e acessibilidade.

As demais obras dos outros dois corredores do BRT Sorocaba (Ipanema e Oeste) continuam, assim como obras em várias partes da cidade. O sistema do BRT Sorocaba será entregue no ano que vem, quando todas as obras do projeto forem concluídas.

No total, a implantação do BRT Sorocaba possui investimentos de R$ 384 milhões, sendo R$ 251 milhões de fonte privada e R$ 133 milhões de recursos públicos: R$ 127 milhões do governo federal e R$ 6 milhões da Prefeitura de Sorocaba.

Leia mais  Implantação do BRT entra na reta final em Sorocaba

 

Rede do ônibus rápido será formada por corredores

O corredor Itavuvu, apresentado ontem, recebe o nome da avenida por onde passa e possui aproximadamente 6 km de extensão, com 12 estações equipadas para embarque/desembarque (sendo 2 de integração) pelo lado esquerdo, em nível com os ônibus. Ele possui, ainda, 3,2 km de ciclovia requalificados e ganhou novas calçadas nas áreas de influência das estações.

Os passageiros terão 57 pontos de acesso distribuídos por estas regiões. Ao final deste corredor, os usuários do transporte chegam ao Terminal Vitória Régia.

O novo terminal tem infraestrutura de plataformas de embarque, cobertura de estrutura metálica, piso de pavimento rígido, central de monitoramento 24 horas, atendimento de informações aos usuários, sanitários, assentos, wi-fi, espaços comerciais e acesso facilitado por rampas e piso podotátil para pessoas com necessidades especiais. O terminal também abriga um Centro de Controle Operacional (CCO) responsável pela gestão do fluxo de veículos e passageiros.

Já os corredores estruturais Sul, Central e General Osório, que possuem o embarque/desembarque pelo lado direito, ganharam melhorias dos abrigos, calçadas com acessibilidade, pontos de parada com pavimento de concreto e requalificação dos trechos com um novo asfalto.

Itinerários

O itinerário dos veículos percorrerá as seguintes vias. O corredor Sul é formado pelas avenidas Comendador Pereira Inácio, Washington Luiz, Antônio Carlos Comitre e Izoraida Marques Peres. O corredor Central é composto pelas vias: Moreira Cesar (parcial), ruas Cesário Mota, São Bento, Quinze de Novembro, Souza Pereira, Dr. Álvaro Soares, Sete de Setembro, Padre Luiz, Francisco Scarpa, Santa Clara, avenida Pres. Juscelino Kubistchek (parcial) e rua Leopoldo Machado.

O corredor General Osório é integrada pela avenida de mesmo nome do corredor, juntamente com partes das avenidas Ademar de Barros, Afonso Vergueiro, Brasil, e as ruas Professor Toledo, Armando Zuliane, Eurides Fogaça e Maciel Baião. (Ana Cláudia Martins)

Comentários