Sorocaba e Região

Blitz de controle de ruído de motocicletas resulta em 38 autuações em Sorocaba

Ação ocorreu na manhã desta quarta-feira (27) na avenida Américo Figueiredo, no Jardim Santa Bárbara
Ação foi realizada pela Prefeitura de Sorocaba em parceria com a GCM e a PM. Crédito da foto: GCM Sorocaba.

A blitz de controle de ruído emitido pelo escapamento de motocicletas, ocorrida na manhã desta quarta-feira (27), resultou em 38 autuações e uma moto apreendida, em Sorocaba. A ação foi realizada das 9h30 às 11h, na avenida Américo Figueiredo, na altura do número 4.465, no Jardim Santa Bárbara.

Durante a ação, 17 motocicletas foram abordadas. Destas, cinco foram encaminhadas para a medição de ruído feita pelo corpo técnico da Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sema) e duas foram autuadas por infrações ambientais, no valor de R$ 2.595,17, baseada na Lei Municipal nº 11.367, de 12 de julho de 2016.

As medições feitas por técnicos da Sema são realizadas por meio de um aparelho chamado sonômetro, que é um medidor de som. Já a Polícia Militar aplicou três multas e apreendeu uma motocicleta. E a Urbes e a GCM autuaram juntas no total 33 motos, com base no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Leia mais  Fiscalização pede fechamento de clínica clandestina de idosos em São Roque

A Sema informou que a blitz trata-se de uma ação conjunta para coibir a poluição sonora causada pelo escapamento de motocicletas, o que gera incômodo e potenciais danos à saúde da população, como estresse, cansaço, dor de cabeça, dentre outros. A blitz foi realizada pela Prefeitura de Sorocaba, em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sema), Urbes, Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar.

A pasta municipal uma pesquisa on-line para identificar quais as principais vias da cidade com maior incidência desse tipo de poluição sonora. Os locais são passados às autoridades de segurança para o planejamento das próximas ações. Para participar da pesquisa, basta acessar o formulário no site da Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema).  (Da Redação, com informações da Secom)

Comentários