Covid-19 Sorocaba e Região

Barreiras sanitárias começam a orientar motoristas na região de Sorocaba

Moradores de outras cidades serão orientadas a retornarem para o município de residência. Medida é para evitar turistas.
Barreiras sanitárias começam a orientar motoristas na região de Sorocaba. Crédito da Foto: Divulgação / Prefeitura de Sorocaba

As prefeituras da região de Sorocaba começam a montar nesta quinta-feira (25) as barreiras sanitárias para evitar a chegada de visitantes durante o feriado antecipado na capital paulista.

A medida foi definida durante uma reunião com prefeitos da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) na segunda-feira (22) após o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciar a antecipação de cinco feriados a partir da próxima sexta-feira (26).

Em Sorocaba, as equipes da prefeitura começaram a montagem das tendas de orientação para os motoristas por volta das 7h. Além disso, também haverá uma barreira rotativa. Todas vão funcionar até o domingo de Páscoa (4 de abril) para evitar a vinda desnecessária de pessoas da capital paulista para o interior.

Devido à logística em parceria com a Polícia Rodoviária Militar, dois pontos das barreiras sanitárias precisaram ser remanejados. Sendo assim, os cinco pontos que terão a barreira sanitária são: Av. Eng. Carlos Reinaldo Mendes (em frente ao Paço Municipal); Av. Ipanema (próximo à entrada do Jardim Botucatu); Av. Dom Aguirre (ao lado da Casa do Turista); Av. São Paulo (altura do número 4.500) e Av. Armando Pannunzio (altura do número 1.120). Também haverá uma blitz itinerante que percorrerá a cidade.

Nessas barreiras, conforme o prefeito Rodrigo Manga (Republicanos), agentes vão medir a temperatura dos ocupantes dos veículos. Os motoristas também receberão orientações sobre uso de álcool gel e medidas de prevenção à Covid-19, uso obrigatório de máscara, além de evitar aglomerações em Sorocaba.

Leia mais  Famílias aproveitam feriado para passear nos parques de Sorocaba
Agentes vão medir a temperatura dos ocupantes dos veículos. Crédito da Foto: Divulgação / Prefeitura de Sorocaba

Moradores de outras cidades serão orientadas a retornarem para o município de residência. As pessoas que apresentarem suspeitas da Covid-19 serão orientadas e encaminhadas para uma unidade de saúde. As ações começaram nesta manhã e durarão até o dia 4 de abril, sempre das 7h às 22h.

Em maio do ano passada, a Prefeitura de Sorocaba também instalou barreiras sanitárias em cinco pontos da cidade para evitar o contágio pela Covid-19.

Reunião da RMS

As barreiras sanitárias e outras medidas restritivas foram decididas durante videoconferência entre prefeitos da Região Metropolitana de Sorocaba. A expectativa é de que 16 cidades da região adotem a orientação para motoristas, cada uma seguindo cronograma próprio. Votorantim, por exemplo, vai montar as barreiras apenas no fim de semana – dias 27 e 28, entre 8h e 17h.

A presidente da RMS e prefeita de Itapetininga, Simone Marquetto, destacou algumas medidas em conjunto com os prefeitos que podem ajudar a inibir a vinda de pessoas para o interior do Estado, já que a capital terá feriados antecipados.

Leia mais  MEC prorroga prazo de inscrição para o Sisu

“Barreiras sanitárias nas entradas dos municípios, com o apoio da Polícia Militar Rodoviária, fiscalização, com a ajuda de “drones”, nas estradas que dão acesso à zona rural e com punições como multa, além da intensificação das fiscalizações em toda a cidade”, citou a prefeita.

“Vamos intensificar a nossa fiscalização e orientação para que as pessoas usem máscara e se precisar ir ao supermercado, que vá uma pessoa apenas de cada família”, disse o prefeito de Boituva, Edson Marcusso.

Participaram os prefeitos que compõem a RMS, Itapetininga, Ibiúna, Sarapuí, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, Salto, Alambari, Tietê, Boituva, Cerquilho, Sorocaba, Tapiraí, Capela do Alto, Cesário Lange, Votorantim, Mairinque, São Roque, além do diretor adjunto da agência da RMS, Márcio Tomazela. (Da Redação)

Moradores de outras cidades serão orientadas a retornarem para o município de residência. Crédito da Foto: Divulgação / Prefeitura de Sorocaba
Comentários