fbpx
Sorocaba e Região

Atleta conta história de superação em palestra realizada na PUC

Após o nascimento, a atleta foi diagnosticada com uma grave cardiopatia congênita, que enfraquece o músculo cardíaco
Atleta conta história de superação na PUC
Patrícia Fonseca foi campeã na Olimpíada de Transplantados. Crédito da foto: Reprodução / Facebook

A detentora de uma história de vida que poderia facilmente ser a narrativa de um livro ou de um longa-metragem, Patrícia Fonseca, realiza nesta quinta-feira (9), a partir das 16h30, no auditório PUC de Sorocaba, uma palestra denominada “Coração de Atleta”. O evento é gratuito e aberta ao público.

Patrícia, após o nascimento, foi diagnosticada com uma grave cardiopatia congênita, que enfraquece o músculo cardíaco. As perspectivas de vida não eram animadoras e a estimativa era de que não conseguisse viver sequer um ano. Ela , que hoje está com 33 anos, superou as dificuldades para realizar atividades comuns do dia a dia e manteve o coração ativo graças ao uso de medicamentos.

Até que, em 2014, a doença chegou ao momento mais crítico e Patrícia foi internada em estado grave no HCor. Além do problema cardíaco, foi identificada hipertensão pulmonar. Em março de 2015, ela entrou para a fila do transplante. O procedimento foi realizado no dia do aniversário dela, 29 de julho.

Leia mais  Enteada e padrasto são velados em locais separados em Araçariguama

O transplante teve sucesso e, em 2017, Patrícia foi a primeira brasileira a participar da Olimpíada Mundial dos Transplantados, em Málaga, na Espanha. Ela não só participou: foi campeã no triatlo, com cinco quilômetros de corrida, 400 metros de nado e 32 km de pedalada. “Se estou viva, devo isso ao gesto de amor de alguém. Gesto de amor que, agora, bate forte nesse coração de atleta”, disse entrevista em publicada no site do hospital HCor.

Antes do evento com Patrícia, a partir das 14h, a enfermeira Cláudia Santos, da Comissão Intra-Hospitalar de Transplantes (CIHT) do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), também vai ministrar palestra, com o tema “Protocolo de Morte Encefálica para Profissionais de Saúde”. A PUC fica na rua Joubert Wey, 290. (Da Redação)

Comentários

CLASSICRUZEIRO