Sorocaba e Região

Associação Comercial de Sorocaba quer impostos prorrogados

Prazo seria por período suficiente para que as empresas possam recompor suas finanças
Acso quer impostos prorrogados
A entidade pede a prorrogação do vencimento de impostos dos comerciantes de Sorocaba. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (28/3/2020)

A Associação Comercial de Sorocaba (Acso) pede que a Prefeitura de Sorocaba prorrogue os vencimentos de impostos por conta da crise provocada pelo novo coronavírus.

A informação foi divulgada pela própria entidade na manhã desta terça-feira (31). A Acso informa que enviou ofício ao poder público municipal solicitando medidas urgentes para apoiar os empresários sorocabanos e a manutenção dos empregos.

No documento, a entidade pede a prorrogação dos vencimentos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN).

O prazo seria por período suficiente para que as empresas possam recompor suas finanças, seguido do parcelamento da dívida acumulada.

Além disso, a Acso também solicitou ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) Sorocaba a postergação do pagamento das contas de consumo de água e esgoto, durante o período da crise, e que elas passem a ter tarifa mínima para todas as empresas do município. Outra sugestão é parcelar o excedente com início do pagamento em 2021 e suspender o corte do fornecimento.

Leia mais  Total de pacientes curados da Covid-19 ultrapassa 11 mil em Sorocaba

O presidente da Acso, Sérgio Reze, afirma que sem essas providências, muitas empresas poderão fechar suas portas e as demissões serão inevitáveis.

“Entendemos que estamos vivendo um momento preocupante, que afeta a economia mundial. Todavia, precisamos de medidas que aliviem os empreendedores, que é a nossa principal preocupação”, estaca.

Reze disse ainda que a entidade tem orientado seus associados a seguirem as orientações definidas pelas autoridades de saúde e o do poder público.

Ele também acrescenta que apoia os meios restritivos que vem sendo implantados pelos governos. “Vamos aguardar atentos aos anúncios de ajuda às pequenas e médias empresas e a rápida implantação do que já foi divulgado”, aponta.

Consultada, a Prefeitura de Sorocaba informou que as secretarias da Fazenda e Jurídica, em conjunto com o Comitê de Avaliação e Combate ao Coronavírus, está finalizando um pacote de medidas que visam atenuar os impactos econômicos causados pela pandemia. Essas medidas deverão ser anunciadas nos próximos dias. E o Saae esclarece que recebeu o ofício e sua diretoria vai estudar o assunto e decidir se será possível ou não atender a solicitação apresentada. (Ana Cláudia Martins)

Comentários