Sorocaba e Região

Tatiane Polis presta depoimento à CPI do Voluntariado; assista

Assista à sessão da CPI dos Falsos Serviços Voluntários

Tatiane Polis é ouvida na manhã desta quarta-feira (17) pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga os Falsos Serviços Voluntários. A ex-assessora do prefeito José Crespo (DEM) está na Câmara de Sorocaba acompanhada pelo advogado Márcio Leme.

Leia mais  Vereadores fazem reunião de emergência após acusações contra Crespo

 

A oitiva é decisiva para definir os rumos da investigação, em especial após depoimento do ex-secretário da Comunicação Eloy de Oliveira. No depoimento, prestado à Polícia Civil dentro da operação Casa de Papel, o ex-secretário Eloy de Oliveira afirma que a ex-assessora de Crespo recebia R$ 11 mil por mês mesmo atuando como voluntária na Prefeitura de Sorocaba. O pagamento seria feito por meio de um contrato público com uma agência de publicidade. O advogado de Eloy de Oliveira também está na Câmara de Sorocaba.

Tatiane Polis ao lado do advogado Márcio Leme durante oitiva na Câmara de Sorocaba. Crédito da foto: Emídio Marques (17/4/2019)

Eloy de Oliveira

O advogado do ex-secretário Eloy de Oliveira, Lucas Francisco, está na Câmara na Câmara de Sorocaba acompanhando a oitiva da CPI do voluntariado, com a ex-assessora Tatiane Polis.

No Legislativo, o advogado apresentou à CPI um documento no qual ratifica o depoimento à Polícia Cívil na Investigação sobre o voluntariado na Prefeitura de Sorocaba e retifica o depoimento dado à CPI, na Câmara.

Em um texto lido pela vereadora Iara Bernardi (PT), que é presidente da CPI, o ex-secretário disse que deu o depoimento do forma que pede retificação em virtude de estar sob pressão do governo. (Marcel Scinnoca)

Comentários