Covid-19 Sorocaba e Região

Após 4 dias em queda, internações por Covid aumentam em Sorocaba

A cidade registrou aumento nos recuperados, chegando ao total de 27.008

Após quatro dias seguidos de queda, o total de sorocabanos internados por Covid-19 voltou a subir ontem (11). A taxa de ocupação de leitos UTI chegou a 100% em três unidades de saúde pública de Sorocaba e em uma privada. Duas novas mortes foram registradas, segundo a Secretaria de Saúde de Sorocaba.

Pelas informações, 162 pessoas de Sorocaba estavam internadas em unidades de saúde. Para se ter ideia, são 28 pessoas a mais que na data anterior, com 134. Dessas, 78 pessoas estavam em UTI, o segundo maior número desde 2 de agosto, Mas o que mais chama a atenção nos dados é o fato de que 96 pessoas estavam com suspeita de estarem com Covid-19. Nesse caso, o número só não é maior que nos dias 19, 20 e 21 de julho, quando foi registrado na cidade o pico da pandemia.

Leia mais  OMS: situação no AM está ligada a falsa sensação de segurança e festas

Ontem, Santa Casa, Conjunto Hospitalar de Sorocaba e Adib Jatene tinham 100% de ocupação de leitos. O mesmo ocorria no hospital privado Unimed.

Com duas novas mortes, o número de pessoas que perderam a vida chegou a 589. A primeira vítima é um homem de 100 anos, sem comorbidades. Ele faleceu em um hospital particular de Sorocaba no dia 9 de janeiro. O segundo também é do sexo masculino, de 68 anos, hipertenso e com doença neurológica. O falecimento ocorreu em um hospital particular da cidade, também em 9 de janeiro. Há dois óbitos em investigação.

A cidade registrou aumento nos recuperados, chegando ao total de 27.008. Já, os confirmados passaram de 27.823 para 27.932. Sorocaba recebeu a notificação de mais 109 casos confirmados, 152 recuperados e dois óbitos ontem (11). O total de pessoas em isolamento domiciliar era de 269. O número de suspeita de contaminação pelo coronavírus e que aguardam resultados, caiu de 834 para 788. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 74.276. (Da Redação)

Comentários