fbpx
Sorocaba e Região

Abastecimento de água será normalizado nesta manhã em Sorocaba, diz Saae

Moradores de várias regiões de Sorocaba acordaram sem água nas torneiras
Abastecimento de água será normalizado nesta manhã em Sorocaba, diz Saae
Bairros de várias regiões de Sorocaba ficaram sem água em Sorocaba. Crédito da foto: Pxhere (20/2/2017)

Atualizada às 10h30

O abastecimento de água em Sorocaba será normalizado na manhã deste domingo (3). A informação é do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae).

Segundo a autarquia, todos os reservatórios e o sistema de bombeamento estão com água e em funcionamento. No entanto, por conta das interrupções de abastecimento divulgadas sábado (2), algumas regiões podem sentir um pouco mais a demora na normalização do fornecimento de água.

Sem água nas torneiras

Moradores de Sorocaba acordaram neste domingo (3) sem água nas torneiras. A suspensão na distribuição em vários bairros da cidade foi informada sábado (2) pelo Serviço Autônimo de Água e Esgoto (Saae).

O problema foi agravado pela alta temperatura em Sorocaba. Na manhã deste domingo (3), por volta das 9 horas, os termômetros marcavam 29°C.

O técnico em mecânica Marcos Diego Medicci, 31 anos, mora no bairro Santa Marina, ao lado do Vitoria Régia. A casa onde mora está sem água desde às 18h30 de sexta-feira (1). “Foi o tempo de eu chegar do serviço e tomar um banho pra água acabar”, conta.

Durante a madrugada, a água voltou e encheu a caixa. Mas, na tarde de sábado (2), as torneiras voltaram a ficar secas. “Tenho três filhos. É difícil”, comenta.

Para minimizar o problema, Medicci pretende comprar água mineral. “E vou tentar tomar banho na casa do meu irmão, se tiver água lá.”

Água suja

Também na zona norte mora a consultora de pontos de venda Vitória Alves de Carvalho, 39 anos. Ela vive no Jardim Casa Branca, perto do Paineiras, e não vê água na torneira desde às 12h30 de sábado (2).

Segundo Vitória, quando a água surge na caixa, o aspecto não é agradável. “Volta suja”, diz.

Para diminuir a pilha de louça suja na pia, a família comprou copos plásticos. “Assim, usa e joga fora”, conta. Água potável também foi comprada para minimizar a sede.

Uma das preocupações de Vitória é a higiene pessoal. Ela e mais duas irmãs prestarão a prova do Enem neste domingo (3). “É duro fazer a prova com o corpo suado. Não tenho onde tomar banho.”

Na região central

O problema de falta d’água não é específico na zona norte. Na manhã desde domingo (3), moradores do Jardim Paulistano também sentiram na pele o problema.

O aposentado Wanderley Favoretto, 71 anos, mora no bairro e percebeu logo cedo a falta de água. “E ontem a água tinha cor de barro”, lembra.

O bairro Jardim Paulistano fica próximo a várias instituições de saúde de Sorocaba. Entre elas, o Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS) e o Gpaci.

Alerta

No sábado (2), o Saae fez um alerta sobre o abastecimento de água em Sorocaba. A autarquia informou que haveria a suspensão da distribuição em 52 bairros da cidade. A alegação é que as suspensão é necessária devido ao alto consumo. (Da Redação)

Leia mais  Falta de água gera polêmica em Araçoiaba da Serra
Comentários