Sem categoria Sorocaba e Região

BOS retoma captação de córneas no mesmo patamar antes da pandemia

BOS informo que retomou a captação de córneas e retorna a patamares de antes da pandemia
Captação de córneas e retorna a patamares de antes da pandemia. Crédito da foto: Vinícius Fonseca / Arquivo JCS (24/09/2020)

O Banco de Olhos de Sorocaba (BOS) anunciou na tarde desta sexta-feira (15) que retomou a captação de córneas e retorna a patamares de antes da pandemia da Covid-19. No total, em 2020, segundo o BOS, foram 2.781 doações de córnea e 1.054 transplantes.

O anúncio ocorre após, no ano passado, o BOS ter ficado com o estoque praticamente zerado de córneas, por conta da proibição pelos órgãos de saúde de realizar as doações, a não ser em casos de emergência. Segundo o BOS, as doações de córnea passaram de seis em agosto de 2020 para 78 em setembro e 431 em outubro. O maior número de doações de córneas ocorreu em novembro do ano passado, quando atingiu o total de 506 naquele mês.

Nos três primeiros meses do ano passado, as doações seguiram na média de anos anteriores. Foram 452 em janeiro, 460 em fevereiro e 310 em março, já com o início da pandemia e da quarentena em todo o Estado, incluindo Sorocaba. Nos meses seguintes, a situação só piorou: abril (14), maio (18), junho (19), julho (10), e caindo para seis em agosto. A partir de setembro (78) os números começaram a subir. Mais 431 em outubro, 506 em novembro e 477 em dezembro, totalizando 2.781.

Leia mais  Votorantim usa urbanismo tático em faixa de pedestre estilizada

Já em relação aos transplantes, durante todo o ano passado, seguiu também a mesma tendência. Nos três primeiros meses foram feitos 185 em janeiro, 132 em fevereiro e 153 em março. Nos meses seguintes, com a pandemia, os números despencaram: 7 em abril, 10 em maio, 15 em junho, 22 em julho, 21 em agosto, e 23 em setembro. Os transplantes começaram a normalizar a partir de outubro (157), novembro (153) e dezembro (176).

O Banco de Olhos informa que se for mantido o novo ritmo de captações, no período de seis a 12 meses, o tempo de espera para o transplante de córnea deverá retornar ao patamar observado antes da pandemia.

A coordenadora de Ensino em Oftalmologia do Hospital Oftalmológico de Sorocaba e Diretora Médica do Banco de Olhos de Sorocaba, Adriana Forseto, afirma que o desenvolvimento de um protocolo eficiente, além do respeito às medidas sanitárias, são fatores que explicam o sucesso da retomada dos procedimentos.

“O BOS conseguiu normalizar, com muita rapidez, as doações no Estado ao sensibilizar a sociedade e o poder público sobre o assunto; além de, é claro, serem tomados todos os cuidados de proteção sanitária que ajudaram a proteger, tanto profissionais de saúde, quanto os pacientes”, destaca o superintendente do BOS, Edil Vidal de Souza.

Leia mais  Cai número de casos suspeitos de Covid-19 em Sorocaba

Pessoas interessadas em se tornar um doador de córnea podem fazer o Cartão de Doador, pelo site: www.bos.org.br ou pelo telefone: 0800 770 3311. O cartão não estabelece a obrigação de doar, mas tem a função de informar sobre essa vontade aos familiares, conscientizando-os sobre o assunto. (Da Redação)

Comentários