Educa Mais

Ensino a distância: três dicas para escolher a faculdade ideal

Ser reconhecida pelo Ministério da Educação é o passo primordial

Já bastante popularizada no Brasil, a educação a distância (EAD) é uma modalidade de ensino ofertada em ambiente on-line, desde o conteúdo do curso, assim como o contato com professores e coordenadores é feito através de uma plataforma virtual. Provas, exames e estágios, em alguns casos, podem ser realizados presencialmente, dependendo do formato do curso e da instituição.

Entre as vantagens do ensino a distância estão a flexibilidade e economia de tempo com deslocamentos. A professora Miriam dos Santos Lopes, 37, optou pela modalidade EAD para conciliar as demandas de trabalho, do lar e os cuidados com o filho pequeno. Assim, ela pôde estudar e, ao mesmo tempo, estar próximo da família. “Valeu muito à pena. Hoje estou trabalhando na área dando aula para turmas de Ensino Fundamental”, destaca a profissional formada em pedagogia.

Leia mais  Após sofrer acidente na adolescência, jovem decide fazer enfermagem para se dedicar a cuidar das pessoas

Miriam confessa, no entanto, que um dos seus receios com a formação on-line foi algum tipo de preconceito com o seu diploma, o que não aconteceu, como ela esclarece. “Pensava que ninguém ia querer me contratar porque minha formação era EAD, mas bastou pegar meu diploma para que muitas portas se abrissem na minha área”.

Se você já sabe qual tipo de curso superior vai fazer (tecnológico, bacharelado, licenciatura, especialização ou pós-graduação), o próximo passo é escolher a faculdade EAD, o que precisa ser avaliado com muito cuidado. Para isso, separamos três dicas para te ajudar, confira:

Faculdade credenciada ao MEC: para evitar o receio que a Miriam teve é fundamental escolher uma instituição de ensino superior credenciada ao Ministério da Educação. É isso que garantirá a validade do diploma ao final do curso. Para saber se a faculdade está ou não vinculada ao MEC, basta fazer uma consulta on-line, digitando os dados da instituição no site http://emec.mec.gov.br/.

Leia mais  Conheça Ana Carla Carlos, estudante aprovada em seis universidades no exterior

Pesquise sobre o curso: conheça o conteúdo programático, a distribuição das matérias e o que cada uma delas vai abordar durante o curso. Pesquise também sobre o corpo docente e, se possível, a quantidade de professores e suas especialidades. Nesse processo de pesquisa, é importante conhecer o polo presencial da instituição que oferta o curso EAD. A localização e infraestrutura podem fazer a diferença.

Avalie o material didático: como não requer a presença física do aluno todos os dias na sala de aula, o material didático do EAD precisa se adequar à demanda e disponibilidade do aluno, sendo ainda o mais acessível possível. Busque conhecer o ambiente virtual de aprendizagem (AVA) das faculdades, já que é essa plataforma que vai gerenciar a rotina do aluno no caminho até o diploma. O que se espera é que o AVA seja funcional e incentive os alunos ao estudo.

Leia mais  Programa de bolsas de pesquisas do Google está com inscrições abertas

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

 

Comentários