Presença

#TBT: Zoológico Quinzinho de Barros

Os animais da fauna nacional (70%) são o ponto forte do Zoológico, com especial destaque para aqueles ameaçados de extinção
#TBT: Zoológico Quinzinho de Barros
Vista do zoo em 1986. Crédito da foto: Projeto memória jornal Cruzeiro do Sul

A história do Zoológico de Sorocaba inicia-se em 1916, no local onde hoje é a praça Frei Baraúna, o Fórum Velho. Ali, no Jardim dos Bichos, foram alojados, em condições precárias, animais comumente encontrados na região, como jacarés, bichos-preguiça, veados, macacos, serpentes e aves. Esse zoológico, voltado tão somente à contemplação dos animais extinguiu-se em 1930.

Em 1965, a Prefeitura construiu uma área de lazer às margens do Rio Sorocaba, no espaço entre a ponte da rua Quinze de Novembro e a Praça Lions, instalando ali alguns recintos de animais que foram inaugurados em 1966. No mesmo ano, ocorreu a aquisição da chácara pertencente à família Prestes de Barros e a construção do novo e atual zoológico, que foi inaugurado em 20 de outubro de 1968.

Leia mais  Entrevista: Tati Romano, a rainha das panelas

Desde aquela época iniciou-se um trabalho pioneiro em diversas áreas que consolidou-se ao longo do tempo. Atualmente considerado um dos mais completos da América Latina, já em 1993 foi escolhido, por votação popular, como símbolo de Sorocaba. Destaca-se por seus objetivos que se apoiam em oferecer recreação saudável e contato com a natureza, programas de educação ambiental, colaboração com pesquisas, gerando conhecimento sobre comportamento, reprodução e fisiologia e atuando junto ao esforço conservacionista nacional e mundial através de planos de manejo, tanto em cativeiro como na natureza.

Os animais da fauna nacional (70%) são o ponto forte do Zoológico, com especial destaque para aqueles ameaçados de extinção. Novos recintos, inaugurados em 2004, incorporaram as mais modernas técnicas de exibição, como fossos para primatas, um aviário onde pássaros voam em volta do visitante e grandes painéis de vidro, que permitem perfeita visualização de ariranhas, répteis e ursos. O parque possui uma área de 128.339 metros quadrados, situada entre os tradicionais bairros da Vila Hortência e Vila Haro. Aproximadamente 17,5 mil metros quadrados são ocupados pelo lago e 38,7 mil por mata secundária, onde habitam diversos animais, como bugios, bichos preguiça, saguis, cutias, gambás, garças e pequenas cobras. Antes das medidas que isolamento social, o Quinzinho de Barros recebia milhares de visitas regulares e os seu moradores estão ansiosos para poder receber logo a população de toda nossa região.

TBT é uma gíria popular que significa “Throwback Thursday” e pode ser traduzida, do inglês, como “quinta-feira do retorno” ou “quinta-feira do regresso”. A gíria, simbolizada por #tbt, é utilizada pelos usuários de redes sociais como hashtag para marcar fotos que se refiram ao passado.

Comentários