fbpx
Presença

#TBT: José Pereira Cardoso

#TBT: José Pereira Cardoso
osé Pereira Cardoso ao lado de sua esposa Wany, em 1979. Crédito da foto: Acervo Pessoal e Projeto Memória Jornal Cruzeiro do Sul

José Pereira Cardoso nasceu em Princesa Isabel, no Estado da Paraíba, e foi prefeito da sua cidade natal após se formar na Faculdade de Direito do Recife, em 1935. Após exercer o mandato, seguiu para o Rio de Janeiro para tentar carreira pública, mas quis o destino que ele encontrasse Severino Pereira da Silva, industrial pernambucano que acabara de adquirir dos ingleses Kennworthy e Speers a Companhia Nacional de Estamparia e a Fábrica de Tecidos Santa Rosália, em Sorocaba, interior de São Paulo.

O Dr. Cardoso, como era conhecido, chegou a Sorocaba em 20 de maio de 1943 e aqui viveu por 62 anos. Teve importante participação no desenvolvimento do grupo industrial Pereira da Silva, ao lado de Severino Pereira da Silva e Carlos Alberto Moura Pereira da Silva. Por anos, a estamparia manteve em Sorocaba as fábricas São Paulo, Santo Antônio, Santa Rosália e, mais tarde, também a Nossa Senhora do Carmo, adquirida da família Scarpa.

Leia mais  Palestra no Ciesp aborda prevenção do câncer de mama

Além das fábricas em Sorocaba, o grupo tinha outras indústrias têxteis em Ribeirão Preto, Rio Claro, Leme, Paraguaçu, em Minas Gerais, e Jaguariaíva e Apucarana no Paraná. Nos anos 90, houve a cisão do grupo, a transferência de patrimônio e encerramento de parte das atividades. Ainda no ramo industrial, Dr. Cardoso foi dono da torrefação e moagem Café São Paulo por muitos anos, até vendê-la no final dos anos 90.

Além da indústria, Dr. Cardoso participou ativamente da vida e do desenvolvimento de Sorocaba nas áreas da cultura e da educação. Foi um dos fundadores da Faculdade de Direito de Sorocaba (Fadi), com Hélio Rosa Baldy e outros, tendo sido diretor e professor da instituição. Em suas gestões como diretor foi construído o prédio que abriga a faculdade e o do Diretório Acadêmico Rubino de Oliveira. Foi presidente do Gabinete de Leitura Sorocabano e em sua gestão foi erguido o atual prédio da instituição. Foi um dos primeiros diretores e delegados do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) em Sorocaba e um dos primeiros rotarianos no Rotary Clube de Sorocaba, tendo recebido título Paul Harris por sua atuação no combate a poliomielite.

Leia mais  Presença: Dia do Dentista

Recebeu, em 1969, o título do qual muito se orgulhava, de Cidadão Sorocabano, conferido pela Câmara de Vereadores de Sorocaba, que aprovou por unanimidade o projeto do saudoso vereador Orlando Pereira. Casou-se em 1951 com Thereza Wany Del Cistia Cardoso, filha de Magdalena Razzo Del Cistia e do industrial italiano Ermolau Del Cistia, que tinha, ali na rua Barão do Rio Branco, o Pastifício Del Cistia. Teve sete filhos e oito netos. Faleceu em 2005 em plena atividade, aos 94 anos, quando ainda lecionava Economia Política na Fadi.

Comentários