Buscar no Cruzeiro

Buscar

Presença: Motoboy

18 de Julho de 2020 às 00:01
Manuel Garcia [email protected]
Manuel Garcia [email protected]

Presença: Motoboy Diego Mateus Pupo Sales. Crédito da foto: Divulgação

A palavra motoboy é formada pela junção das palavras Moto de “motocicleta” e “boy” (termo usado em inglês para “garoto”). É uma profissão que surgiu na década de 1980, apropriada para atender à necessidade de se locomover com rapidez e baixo custo pelas grandes metrópoles. Os motoboys cruzam as ruas e avenidas de nossa cidade de norte a sul, praticamente 24 horas por dia, estes homens e mulheres (sim. existem algumas motogrils) sempre foram fundamentais em nossas vidas, e durante a pandemia do novo coronavírus eles ganharam um papel de maior destaque. Esses profissionais têm enfrentando ainda mais chuva, frio e sol quente para poder servir as pessoas que têm que ficar em casa seguindo as recomendações sanitárias. Pizza, remédios, doces, compras do supermercado, documentos, gás, água, flores, cestas de café da manhã, e até mesmo o nosso jornal Cruzeiro do Sul. São tantas coisas que são transportadas em duas rodas de forma ágil. Você ja pensou como seria a nossa vida sem a facilidade do Delivery? Graças à tecnologia, com apenas alguns cliques, quase tudo que precisamos chega em poucos minutos em nossos lares transportados em duas rodas.

Esses profissionais merecem o nosso aplauso e nosso respeito pois eles também têm sido essenciais durante esta pandemia. Como diria o grande cantor e compositor, Seu Jorge “O motoboy é da hora, faz o corre, entrega tudo, na maior agilidade, ele não deixa furo, ele não dá mole, ele cruza a cidade. O motoboy é zica, leva sua vida louca dentro do baú, no seu capacete, tem um GPS, que vai de norte a sul”.

Nosso muito obrigado para esses profissionais.

[gallery columns="1" size="medium" ids="272068,272067,272066,272064,272065,272069,272063"]

Galeria

Confira a galeria de fotos