Presença

Presença: Medalha Ana Terra

Núcleo Feminino de Apoio ao IHGGS outorgou medalha para mulheres na última quarta-feira (13)
Medalha Ana Terra
Átilla Hunno. Crédito da foto: Manuel Garcia

Em homenagem às figuras femininas de destaque na cidade, o Núcleo Feminino de Apoio ao Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba (IHGGS) outorgou a Medalha ao Mérito Ana Terra para mulheres na última quarta-feira, dia 13. A condecoração foi oficializada por decreto do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), em 20 de dezembro de 2016.

A solenidade aconteceu na sede do IHGGS, localizada na Casa Aluísio de Almeida, e contou com a participação do cantor Átilla Hunno e exposição de mapas, elaborados de forma artesanal, pelo artista plástico Francisco Stein.

Leia mais  Presença: Colar de Visconde de Porto Seguro

 

O nome da condecoração tem relação com Ana Terra, personagem fictícia criada pelo escritor gaúcho Érico Veríssimo, autor do clássico “O tempo e o vento”. No romance, Ana Terra é uma sorocabana que foi para o sul do país, num tempo situado no século 18, e lá vive uma tragédia relacionada com costumes e família. A história foi levada ao cinema com a atriz Cléo Pires interpretando Ana Terra.

“Apesar de ser uma história fictícia, Ana Terra é exatamente o símbolo da mulher guerreira, que faz acontecer, que vai à luta e constrói um caminho próprio, que derruba barreiras e busca seu ideal, assim como as homenageadas”, destacou Maria Dorotea Senger Cezar, presidente do Núcleo.

As condecoradas foram Ana Carolina Pinheiro dos Santos Lima, Cleide Aparecida Mendes Machado, Érica de Victor Perri, Iara Raquel Botelho Berlim, Judith do Nascimento Almeida Góes, Luiza Maria Aidar de Oliveira Geraldi, Marta dos Santos de Gennaro, Mercedes Rossi Aleixo, Nívea de Mattos Góes Vieira e Simone de Souza Carvalho.

Comentários