Presença

Presença: Bonecas

O projeto da psicóloga Michelli Bordinhon reúne voluntários de todo Brasil, inclusive de Sorocaba



Bonecas
Voluntárias em Sorocaba confeccionam vestidos e bonecas para crianças em situação de vulnerabilidade na África. Crédito da foto: Divulgação

Uma boneca de pano e muitas histórias por trás de um simples brinquedo. Em meio à pobreza, fome, abuso sexual e trabalho infantil, brinquedos estão distantes da realidade de muitas meninas de diversos países da África. Mais do que um objeto lúdico, a boneca possui caráter educativo e é capaz de transmitir mensagens e valores para quem a recebe. Foi pensando nisso que a psicóloga Michelli Bordinhon criou o projeto Bunekas, uma iniciativa que reúne voluntários de todo Brasil, inclusive de Sorocaba, para confecção de vestidos e bonecas de pano para as meninas africanas.

Leia mais  Presença: Casa de bonecas

 

De acordo com Michelli, a boneca foi pensada em todos os detalhes para falar com o coração das meninas de lá, para que, além de brincar, elas possam se ver nelas, justamente para que essas crianças projetem nas bonecas o que estão sentindo, de forma a trabalhar a autoestima e os cuidados com o próprio corpo. “Fazemos questão de as bonecas terem o mesmo tom de pele das meninas africanas, dos cabelos serem muito parecidos com os delas e das roupas também serem de tecidos semelhantes aos que elas usam”, descreve. Os brinquedos ainda vêm com calcinha que, além de trabalhar as questões de higiene, serve para abordar o tema do abuso sexual, alertando que, na região íntima delas, ninguém deve tocar. “São bonecas nas quais a criança vai projetar as suas emoções, podendo ser interpretadas e auxiliadas de várias maneiras”, explica a psicóloga.

Além das bonecas, as voluntárias ainda confeccionam um lindo vestido, para as meninas africanas, feito no mesmo modelo e com o mesmo tecido das roupinhas das bonecas. “Em um ano, nosso grupo já confeccionou e encaminhou para as crianças africanas 300 bonecas e 200 vestidinhos e pretendemos entregar mais 240 e 280, de cada, até o final deste ano”, declara.

Outra curiosidade é que, junto com a boneca, a criança ainda recebe uma mensagem de autoestima, com os seguintes dizeres: “Você é linda!”. O bilhete é escrito, geralmente, pelas crianças da Comunidade Presbiteriana do Campolim e colocado dentro do bolso do vestidinho de cada boneca.

Pessoas interessadas em participar do grupo ou colaborar com o desenvolvimento do projeto Bunekas podem ligar para (15) 99715-3822 ou ir até a Comunidade Presbiteriana do Campolim, que fica localizada na rua Levindo Lima, 126, no Parque Campolim, em Sorocaba. Mais informações também podem ser obtidas pelas redes sociais do projeto: Facebook (@projetobunekas) e Instagram (@projetobunekas).

Comentários

CLASSICRUZEIRO