Presença

Nosso isolamento

Nosso isolamento
O casal Fátima e José Antônio Notari tem se apoiado durante a pandemia. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

O casal Fátima e José Antônio Notari está junto há 43 anos, entre o período de namoro e o casamento.

O casal tem aproveitado o período de quarentena para fazer as coisas juntos, “montamos vários quebra-cabeças, começamos esta semana um de 2,5 mil peças”, declarou Fátima, que em 2017 foi diagnosticada com câncer de mama. “Fiz minha última radioterapia em novembro de 2018, mais ainda tomo uma quimioterapia oral para manutenção do tratamento. Quando fiquei doente, contei com o apoio do meu marido e meus filhos, fiz muita força para ficar bem logo pois minha neta, Liz, tinha acabado de nascer”.

Fátima é uma das assistidas da Liga Sorocabana de Combate ao Câncer, que presta auxílio a mulheres que passam por tratamento de câncer, além de atuar na prevenção da doença.

Leia mais  Confira a lista de lives musicais nesta semana

O casal acompanha as notícias da Covid-19 com cautela, pois ambos são do grupo de risco. José Antônio passou por tratamento para um câncer no pulmão em 2015 e, no ano passado, acabou tendo um metástase. “Meu marido vai fazer a última sessão de quimioterapia esta semana, estou confiante que tudo vai dar certo, porém tenho que redobrar a atenção para não nos contaminarmos”.

O casal tem sentido falta de poder abraçar a sua neta de 2 anos e de ir às pescarias que ambos faziam todo final de semana. “Tenho tido crises de ansiedade, estou fazendo sessão psicológica on-line, toda semana, graças à Liga. O trabalho de todos lá tem sido muito importante para mim”, declara Fátima, que também sente falta de encontrar com as amigas e conversar. O casal espera ansioso por uma vacina contra o coronavírus. “Só assim vamos se sentir seguros, enquanto isso, vamos continuar montando nossos quebra-cabeça.”

Comentários