Presença

Mobilidade em Foco premia jornalistas do Cruzeiro do Sul e da Cruzeiro FM

A próxima edição do prêmio traz o tema 'Novas soluções em mobilidade urbana'
Prêmio Mobilidade em Foco
Larissa Pessoa e Ana Cláudia Martins, do jornal Cruzeiro do Sul. Crédito da foto: Manuel Garcia

Na terça-feira passada (25), aconteceu a entrega do 1º Prêmio de Jornalismo Mobilidade em Foco, promovido pelas empresas BRT Sorocaba, Consórcio Sorocaba (Consor), Sorocaba Transportes Urbanos (STU), e a extinta Associação Sorocabana de Imprensa (ASI), com apoio da Urbes — Trânsito e Transportes e Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Mobilidade e Acessibilidade.

As jornalistas do Cruzeiro do Sul, Ana Cláudia Martins e Larissa Pessoa, foram premiadas. Ana venceu na categoria reportagem impressa, com a matéria “Obras do sistema BRT começam neste mês”. Nessa mesma categoria, Larissa Pessoa ficou em segundo lugar com a matéria “Acidentes de trânsito em Sorocaba matam mais pedestres e motociclistas”.

Pela categoria jornalismo online, a jornalista Larissa Pessoa foi a ganhadora, com a reportagem “Usuários cobram melhorias em ciclovias de Sorocaba”.

Já na categoria boas práticas do serviço público em mobilidade, a campeã foi novamente Larissa Pessoa, do Cruzeiro do Sul, com a reportagem “Sem coletivos, bicicleta é opção”.

O repórter da rádio Cruzeiro FM 92,3, André Fazano, venceu o 1º Prêmio de Jornalismo Mobilidade em Foco, pela reportagem “Compartilhando os espaços nas vias públicas” que, além de garantir a primeira posição, também conquistou o segundo lugar com a reportagem “O estresse no trânsito”. E, em terceira posição, ficou o repórter Caio Rossini, também da Cruzeiro FM 92,3, com a produção “Desafios da mobilidade urbana”.

Leia mais  Presença: Feijuca da Apae

Além da celebração entre os participantes, a comissão organizadora anunciou o lançamento oficial da II Edição do Prêmio de Jornalismo Mobilidade em Foco e que terá como tema “Novas soluções em mobilidade urbana”. A grande novidade dessa edição será a premiação da melhor matéria entre todas as categorias, que ganhará R$ 3 mil. O prêmio está aberto a jornalistas e radialistas profissionais que atuem em rádios, jornais, sites e TVs.

A iniciativa visa incentivar e reconhecer reportagens que tratem da mobilidade urbana e da importância social deste serviço para o desenvolvimento urbano e econômico e/ou investimentos ligados à infraestrutura e urbanismo que contribuam para melhorar o desempenho do setor.

Comentários