Editorial

Um debate importante

Será uma oportunidade única dos oito candidatos a prefeito de Sorocaba falarem sobre seus programas de governo

O debate político, o confronto de ideias entre candidatos a cargos eletivos, com suas inúmeras variáveis, faz parte da história dos regimes democráticos, onde os que pleiteiam votos tentam expor da melhor maneira possível seus projetos e planos de governo.

Realizados geralmente em ambientes fechados, para públicos seletos, o debate eleitoral mudou de figura e multiplicou sua importância a partir do momento em que passou a ser transmitido para milhões de pessoas.

E o início desse tipo de debate transmitido pela televisão e outros meios de comunicação começou em 1960 com o debate entre o candidato democrata à Presidente dos Estados Unidos, John Kennedy e o candidato republicano Richard Nixon.

As pesquisas da época davam clara vantagem para Nixon, um político veterano, ex-deputado e senador, posição que se inverteu após o primeiro debate transmitido por rádio e TV para mais de 80 milhões de norte-americanos.

Esse debate se tornou um exemplo clássico do marketing político e mostra claramente o que os candidatos devem e o que não devem fazer diante de um embate de ideias.

A maioria dos lares americanos tinha televisores, mas nunca ninguém tinha utilizado esse veículo de comunicação dessa maneira. Kennedy teve seu visual meticulosamente preparado e ensaiou com uma equipe para onde olharia, quando sorriria, como se movimentaria diante das câmeras.

Ao contrário de Nixon que durante o debate parecia estar com a barba por fazer, transpirava muito e não sabia para onde olhar. Recusou o uso de maquiagem e usou um terno da mesma cor do fundo do cenário.

Leia mais  Homem que mora em Registro desaparece em Sorocaba

Postura diante das câmeras, clareza nas respostas, empatia, tudo isso é alvo de estudos até hoje pelos especialistas e, para muitos, um bom debate define eleições. O debate de 1960 foi decisivo para a vitória de Kennedy.

No Brasil, a prática dos debates pré-eleitorais ganhou força após a redemocratização do País, quando passamos a ter eleições diretas em todos os níveis e alguns desses encontros se tornaram históricos, como aquele realizado entre os candidatos Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Collor, em 1989.

Nas últimas eleições presidenciais, foram realizados alguns debates, mas curiosamente o vencedor das eleições, Jair Bolsonaro, não compareceu por estar hospitalizado, se recuperando de um atentado contra sua vida em Juiz de Fora.

Nesta quinta-feira (12), às 20 h, será realizado mais um debate entre os candidatos a prefeito de Sorocaba, uma parceria entre o jornal Cruzeiro do Sul, a Uniso e a rádio Cruzeiro FM 92,3.

Leia mais  Plano SP: Região de Sorocaba entra na fase amarela nesta segunda

Os debates realizados pelo jornal já se tornaram tradicionais, assim como a parceria com a Universidade de Sorocaba, que participa de um plano de trabalho conjunto com o jornal, inclusive no dia da eleição, quando estudantes de jornalismo participam como repórteres em seus locais de votação enviando durante todo o dia informações e fotos.

São estudantes de Sorocaba e vários municípios da região que, com sua colaboração, participam de um grande trabalho jornalístico e ainda colaboram para uma grande cobertura noticiosa. A Uniso mais uma vez participa da organização do evento e alunos de jornalismo farão perguntas aos candidatos.

A colaboração entre veículo de comunicação e a universidade este ano foi ampliada com a participação de alunos da faculdade de jornalismo da Esamc, outra instituição de ensino da cidade que desde o mês de setembro elaboram podcasts com assuntos relacionados às eleições municipais, veiculados pela faculdade em suas redes sociais e pelo portal do Cruzeiro do Sul.

Leia mais  Direito individual ou liberdade de expressão?

O podcast dos alunos da Esamc têm sido importante fonte de informação para os leitores do portal do jornal Cruzeiro do Sul. Durante o dia da eleição, os alunos continuarão colaborando enviando material de áudio para a redação do jornal e atualizando o noticiário.

A cobertura do jornal não se ateve ao factual das campanhas, mas criou espaço semanal para que todos os candidatos pudessem se manifestar sobre diversos temas importantes, revelando assim, aos poucos, sua plataforma de governo aos nossos leitores.

Todo esse trabalho de cobertura eleitoral do primeiro turno terá um fecho de ouro com o debate entre os candidatos a prefeito de Sorocaba que será realizado nesta quinta-feira (12) à noite, a partir das 20h, com retransmissão da rádio Cruzeiro FM 92,3, TVCOM, canal 8 da Net e pelas redes sociais do jornal, da emissora de rádio e da Uniso.

Será uma oportunidade única dos oito candidatos a prefeito de Sorocaba falarem sobre seus programas de governo, suas ideias e projetos, para que os leitores das várias plataformas do jornal possam escolher bem os seus candidatos.

Comentários