Do leitor

Rio Sorocaba

"Não temos visto ao longo do rio Sorocaba nenhuma máquina trabalhando nesse sentido" - Leonardo Gallo Almenara
Trecho do rio Sorocaba. Emídio Marques / Arquivo JCS (22/8/2017)

Gostaria de utilizar esse espaço para solicitar à Prefeitura de Sorocaba que se pronuncie publicamente sobre o andamento da limpeza do rio Sorocaba e do uso da verba disponibilizada pelo Fehidro no ano passado para esse fim. Não temos visto ao longo do rio Sorocaba nenhuma máquina trabalhando nesse sentido. Estamos com sorte que as chuvas violentas não vieram neste ano para causar os estragos costumeiros à população ribeirinha.

LEONARDO GALLO ALMENARA

Resposta – O recurso do Fehidro foi liberado no mês de junho e o Saae-Sorocaba prepara os termos para a concorrência pública. No entanto, esse recurso não é destinado ao desassoreamento, mas ao estudo topobatimétrico do rio. Tal estudo avalia a calha, seus pontos de assoreamento e acúmulo de material para orientar a execução do desassoreamento a ser feita posteriormente.

Leia mais  Bombas e rojões

Independentemente do recurso do Fehidro, na atual gestão o Saae-Sorocaba trabalha com recursos próprios na manutenção do leito do rio. Em 2017, a autarquia identificou nove pontos de acúmulo de sedimentos nas margens, no trecho urbano, com o estrangulamento do fluxo de água.

Em dois desses pontos, na ponte Pinheiros e no Parque Vitória Régia, os trabalhos já foram executados e nos demais sete pontos, estão programadas ações para assim que for concluída a contratação dos equipamentos necessários.

PREFEITURA DE SOROCABA

alexandre-frota-câmara-sorocaba-rodrigo-manga
Rodrigo Manga e Alexandre Frota na Câmara de Sorocaba. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (2/8/2018)

Alexandre Frota

O mínimo que esperava é que o presidente da Câmara se portasse como mediador nesse lamentável episódio.

ANTONIO TABAJARA DIAS

Comentários
Assuntos

CLASSICRUZEIRO