Do leitor

Entraves injustificáveis

Leitor reclama de descaso com o aeroporto de Sorocaba

Graças à imprensa comprometida com os anseios de Sorocaba, manifestada no (conteúdo) editorial de 21 de novembro sobre o descaso do erário publico ao Aeroporto Bertram Luiz Leupolz.

Não há dúvida dá importância econômica que o Aeroporto de Sorocaba representa para manutenção de aeronaves de todo continente, bem como sua opção para aviação executiva. Além de reunir os três maiores fabricantes de aviões executivos em um único local.

O que fica é a dúvida: porque tantos entraves injustificáveis? Qual o interesse mórbido em não resolver as questões como a famigerada conclusão da torre de controle, o reconhecimento do prolongamento da pista em mais 150 metros, e a internacionalização.

Burocracia, leniência, estagnação, pouco caso, preguiça, comodismo, falta de interesse, sei lá o que. Assim tem sido a ação dos órgãos envolvidos.

Cabe lembrar que tal solução resultaria em maior oferta de empregos diretos e indiretos, maior arrecadação aos cofres públicos, inúmeros benefícios sob o ponto de vista tecnológico, econômico e social.
O que estão esperando os nossos nobres deputados federais, estaduais e governo municipal?

Vamos exigir, reivindicar, exigir e fazer tudo pela nossa cidade não fique na berlinda. O movimento já começou sugiro que releia o editorial e noticia do mesmo assunto, publicada no dia 18 de novembro, deste jornal.

JOSÉ LUIZ MONTEIRO

RESPOSTA: Prezado sr. José Luiz Monteiro, o governo municipal sempre atuou e continua atuando em prol do aeroporto “Bertran Luiz Leupolz”, que é um dos maiores polos de serviços aeronáuticos da América Latina e do mundo, mantendo centros de manutenção de grandes companhias como Embraer, Dassault Falcon Jet, Gulfstream, Conal, entre outras.

Temas importantes como o prolongamento da pista e a conclusão de torre de controle não dependem exclusivamente de ações do governo municipal, e sim de ações coordenadas com outros órgãos da administração pública, como o Daesp – Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo e a Anac – Agência Nacional de Aviação Civil, o que tem sido feito.

PREFEITURA DE SOROCABA

Comentários
Assuntos