Do leitor

Carros furando fila no drive-thru em Sorocaba: vergonha!

Muito revolta é o que senti no drive-thru para vacinação na manhã de terça-feira (16) em Sorocaba. O que está acontecendo com as pessoas atualmente?! Diante de uma situação caótica, que muda tudo a todo instante, causando insegurança, angústia, medos e revoltas. Mesmo assim existem pessoas que não respeitam nada. Não estão nem aí para tudo e todos.

Simplesmente, diante daquela fila quilométrica de horas de espera, algumas pessoas tiveram a petulância de furar a fila, como se eles fossem os espertos e todos nós, os idiotas que gostam de brincar de trenzinho de carro sob o sol.

Meu Deus! Onde estamos?! Esse pessoal não tem respeito, educação, sensibilidade, amor. Nada! Só pensam neles e em resolver o problema deles. Os outros não interessam. É a LEI de muitos políticos da atualidade e a deles: levar vantagem em tudo. Ganhar sempre. Não importa como.

Leia mais  Petrobras aumenta preço do gás natural para distribuidoras em 39%

Parece absurdo, mas só na nossa frente, cinco carros furaram a fila, assim, estrategicamente pensado e planejado. Quando a fila chegava nos cruzamentos e o sinal estava fechado, deixávamos espaço para não fechar a rua. Nisso esses canalhas já se posicionavam com o carro para entrar na fila, não importando que todos os outros já estavam ali há horas. Furavam a fila na maior cara de pau. E muitos deles ainda riam da situação e da “esperta” atitude. Como uma caminhonete marrom cabine dupla, dois Honda Civic (um preto e outro branco) e o Ka vermelho. Poderia colocar as placas, mas vou deixar a consciência (se é que têm) clamar por mais respeito pelo próximo.

Imaginem se eles encontram uma pessoa menos paciente e que vá até o carro deles tomar satisfação!? Imaginem a confusão. Mas juro que dá vontade de fazer isso. Revoltante, SIM!

Leia mais  Do Facebook

Ainda teremos mais drive-thru pela frente. Vamos alertar contra essa sem vergonhice. E para que o pessoal do trânsito também fique de observação, pois parece que não veem nada.
MARY DANTAS AGOSTINELLI

Comentários