Buscar no Cruzeiro

Buscar

Também há portas se abrindo

21 de Julho de 2018 às 15:23

Há momentos na vida em que todas as portas à sua frente parecem se fechar. Você perdeu o emprego, a saúde não vai bem, a convivência conjugal e familiar vai de mal a pior... A ausência de perspectivas o está levando ao desespero e você se sente atraído pelo escapismo ou por caminhos que levam à autodestruição.

Quando tudo desaba à sua volta é indispensável localizar as paredes que não se abalam, o telhado que não desaba e ali buscar abrigo. Esse refúgio inabalável, para aquele que se alinha entre os seguidores de Jesus, está no invariável, imperturbável e imutável amor do Todo-Poderoso para com você, amor que foi, é e sempre será infinito.

Quem ama cuida. Ainda que o sucedido sugira que o Pai celestial voltou as costas a você, a Palavra recorda que ele continua a tecer, com os invisíveis fios de vida, uma rede de proteção ao seu redor. O seu mover é no sentido de ajeitar as coisas de tal forma que, mesmo daquilo que parece muito mal, brotem frutos de benignidade capazes de saciar a sua fome de atenção e até a mais dura de todas as rochas revele mananciais de onde brote a água que elimine sua sede de sentir-se importante e amado.

O socorro divino, na perspectiva do Evangelho, se subordina a algumas atitudes suas. É indispensável que você busque, bata e peça. Busque a porta de saída para o drama em que se envolveu e haverá de localizá-la. Bata palmas ou golpeie com os dedos a superfície dela, manifestando sua intenção de sair do relento e, por esse espaço, colocar-se sob o teto que o livrará do calor do dia ou do frio da madrugada. Exprima seu desconforto e peça para ser libertado de suas aflições e essa bênção lhe será concedida.

Examine cuidadosamente o entorno. Descobrirá que, se muitas portas se acham aferrolhadas, algumas deixam coar um raio de luz e outras estão até se abrindo. Busque-as e escape do rigor da intempérie.

"Por isso lhes digo: Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta.

Evangelho de Lucas 11:9

Nova Versão Internacional

Geraldo Bonadio é jornalista. [email protected]