Artigos

Notre-Dame: Incêndios são devastadores

O fogo é selvagem e devora. É imprevisível. Assustador
Notre-Dame
Crédito da foto: Francois Guillot / AFP (15/4/2019)

Dri Polacco

Incêndios são devastadores, para os bens materiais e pra alma. O fogo é selvagem e devora. É imprevisível. Assustador.

Tenho de confessar que este me abalou muito mais do que o incêndio do Museu Nacional. Explico. Sabia muito pouco do Museu e nunca estive lá. Já com a Catedral tenho uma ligação maior. A primeira visita foi em 1977 e depois disso, muitas outras vieram, já que por quase 20 anos acompanhei grupos à Europa e estive nela muitas vezes.

Sou apaixonada pelas gárgulas, pela construção gótica, pela imponência das torres, a força e delicadeza das “aranhas” que seguravam a construção.

Mas nós, turistas, somos implacáveis, insaciáveis. Queremos ver mais, aprender mais, curtir mais, aproveitar mais.

Se você não teve a oportunidade de visitar Notre-Dame de Paris, infelizmente vai ter que esperar um bom tempo. Talvez seja hora de aproveitar e conhecer outras igrejas góticas da cidade ou do país. Ou mesmo a mais incrível de todas, a Catedral de Colônia, na Alemanha.

Leia mais  Histórias de prematuridade

Mas voltando a Paris… Visite a Igreja de Saint-Eustache, próxima a Les Halles. Dê maior atenção à Sainte-Chapelle, bem perto de Notre-Dame. Ou ainda aquela que na minha opinião é a mais bonita igreja de Paris, Saint-Étienne-du-Mont, atrás do Panteón; uma das poucas igrejas “brancas” e a única em Paris que conservou o transépto.

Se tiver mais tempo, aproveite a visita à França e tire um dia para, além de conhecer mais uma cidade, visitar uma belíssima catedral gótica. As opções são muitas: Chartres (a pouco mais de uma hora de trem, saindo da gare Montparnasse); Reims (cerca de uma hora, saind da Gare de l’Est); ou um pouco mais distante, mas magnífica, Notre-Dame de Strasbourg (quase 3 horas de TGV, saindo da Gare de l’Est). Mas há ainda muitas delas espalhadas pelo país: Troyes, Nîmes, Amiens, Tours, Toulouse, Le Mans?, Bordeaux…

Leia mais  A diáspora da geração de 45

Nenhuma delas substitui o esplendor de Notre-Dame de Paris. Nenhuma delas tem ou terá a relevância de Notre-Dame de Paris. Mas todas elas vão te dar uma ideia da grandiosidade das construções góticas, suas atmosferas místicas, a penúmbra.

E nenhuma, nenhuma em qualquer lugar desse “mundo tuo” terá gárgulas tão lindamente amedrontadoras como as de Notre-Dame.

Comentários

CLASSICRUZEIRO