Artigos

Histórias, emoções e metas do ano novo

Artigo escrito por Vanderlei Testa, jornalista e publicitário escreve quinzenalmente às terças-feiras no Cruzeiro do Sul

Fotomontagem: VT

Vanderlei Testa

Procrastinar ou agir? O ano 2019 passou e na agenda de cada pessoa ficou pra trás muitos compromissos. Foi assim com você? Isso é adiar pequenas coisas do dia a dia ou fugir daquilo que o nosso eu interior bloqueia a vontade. O ano 2020 está começando. Estamos no dia 14 de janeiro. No seu planejamento pessoal tem: emagrecer, fazer um curso novo, entrar na academia, casar, ler um livro, comprar uma casa ou apartamento, poupar, entre outras infinitas metas. No meu caso, testemunho que procrastinei ou, como o povo diz, “deixei largadas às traças” em 2019 tudo o que era chato e ilusório.

A ambição material é positiva, mas jamais pode ser maior que a realização espiritual, humana, familiar e pessoal. Fomos criados para ser e não para ter de forma desenfreada, egoísta. É só visitar os cemitérios que confirmamos que jamais alguém levou seus bens à sepultura. Já o ser amigo, filho, pai, irmão não há dinheiro que compra essa conquista. É uma riqueza incontestável e eterna.

Na agenda de 2020 tenho marcado até 31 de dezembro muitas corridas de rua, retiro espiritual, participar de Associações e Movimentos, ajudar ao próximo. Escrever artigos, viajar, visitar familiares e amigos, frequentar academia, estar em aniversários de amigos, entre outras alegrias. Ia escrever se Deus quiser, mas sei que Ele sempre quer o nosso melhor. Basta agir e fazer a nossa parte.

E destaco aqui exemplos de pessoas amigas que continuarão neste ano as suas proezas de serem agentes motivadores de não procrastinarem suas atividades. Teco Barbero, deficiente visual que supera as dificuldades sendo fotógrafo com apenas 4% de visão. Claudemir Ribeiro, o “Cadico” que corre 21 km em provas de pedestrianismo pela AASP de Sorocaba com o uso de muletas por ter só uma perna devido a um acidente de moto há 24 anos. Marcos Maldonado com 80 anos de idade que diariamente trabalha com ilustrações em histórias de quadrinhos para personagens de revistas, alegrando a vida das pessoas.

Leia mais  A morte eterna

Tia Tica com 94 anos de idade tecendo tricô para enxovais de bebês de creches comunitárias. Dom Julio Endi Akamine na missão de pastorear 59 paróquias com seus sacerdotes. Paulo Torres e equipe da Fabiana Abrahão se dedicando de corpo e alma às crianças e adolescentes do Cefas.

Conversei com o Guilherme de Melo Teixeira. Ele contava que fumava dois maços de cigarros por dia até o segundo semestre de 2019. Foram muitos anos carregando consigo esse vício que acaba com os pulmões de qualquer pessoa. Era a procrastinação de um item na sua agenda que sempre colocava em destaque: parar de fumar. Foi com uma decisão de agir que tudo mudou.

Procurou uma assessoria esportiva e começou a treinar. Além de emagrecer mais de 15 quilos, ganhou saúde e eliminou o cigarro da sua vida. Sua esposa e os dois filhos ficaram felizes e, como pai, conquistou a alegria de vê-los aplaudindo a sua chegada à primeira corrida de São Silvestre.

Leia mais  ‘Ventre’ trata do amor ambivalente de mãe e filho

E quem também agiu e não deixou para trás a sua felicidade é o casal Ivone Cicarelli Sanches e o José Sanches Martins. Completaram 60 anos de casados no último dia 26 de dezembro. Há décadas convivo com eles. São verdadeiros testemunhos de casal que construiu o seu matrimônio em solo de pedra, sem nunca deixar que as tempestades da vida o abalassem. Nas palavras do casal Ivone e Zeca há certeza de que são felizes.

A cada desafio, o amor se renova e as sementes lançadas geminaram e cresceram, como nossos filhos e netos para somar às alegrias. A renovação de votos do sacramento do matrimônio é a confirmação da certeza que nos uniu pela primeira vez.

Essas bodas de diamante demonstram a todos os nossos amigos e familiares o quanto valeu a pena a serenidade, a firmeza e a determinação com que enfrentamos as dificuldades da vida, diz o casal. Hoje podemos perceber no brilho do olhar de nossos pais, o sentimento de felicidade pela sabedoria de ter preservado tão grande amor, relatam os filhos de Ivone e Zeca.

E amor conjugal intenso viveu também o Vagner Silvestre e Maria Conceição Bittencourt Silvestre. Vagner partiu há três anos e neste inicio de janeiro os anjos vieram buscar a Conceição. Vagner e Conceição são amigos que souberam transmitir o amor conjugal e fidelidade a Jesus.

Relembrar destas quatro décadas da nossa convivência, desde quando foi iniciado o Salão Comunitário do Jardim Saira, a Festa do Divino e tantas atividades com eles coordenando a comunidade paroquial e Clube das Mães, nos faz escrever e enaltecer este casal e família com seus três filhos.

Leia mais  Hora marcada para ouvir Beatles

Conceição irradiou acolhida em 42 anos de vida no bairro e recebeu como testemunho a presença de centenas de pessoas que foram dar o seu adeus no velório realizado na Igreja do Divino Espírito Santo. Lágrimas e aplausos a uma santa mulher, filha, mãe, esposa, avó e amiga.

Estou lendo em janeiro o livro “Ah, se eu soubesse”, de Richard Edler, Editora Negócio. A obra descreve o que as pessoas bem sucedidas gostariam de ter sabido 25 anos atrás. Destaco para vocês um depoimento do executivo de empresa que reflete três virtudes que passou a apreciar em sua carreira.

Ele é Daniel Scott CEO da Scott Printing Corporation. A primeira é a integridade. A segunda virtude é a arte de persuasão. A terceira é a simplicidade. Também acredito que se todos praticassem isso, o mundo seria melhor.

E, para finalizar este primeiro artigo de 2020 com muito otimismo e palavras de motivação em agir e ter fé no que se faz, registro o que escrevi na minha agenda de compromissos: “Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças”. (Filipenses 4:6)

Vanderlei Testa – jornalista e publicitário, escreve quinzenalmente às terças-feiras no jornal Cruzeiro do Sul e aos sábados no www.facebook.com/artigosdovanderleitesta e www.blogvanderleitesta.com

Comentários