Artigos

A Palavra dá o rumo

Confira a coluna Reflexão, de Geraldo Bonadio

Conforme você saiba ou não lidar com elas, novidades, avanços e inovações podem ser uma fonte de delícias ou a origem de indizíveis sofrimentos para sua vida.

Neste exato momento, em todos os quadrantes da Terra, cientistas, pesquisadores e especialistas de todos os campos do saber humano acham-se em atividade, tentando fazer com que, amanhã, se possa realizar, rotineiramente, aquilo o que hoje é um sonho impossível. Tentam, afincadamente, projetar luz intensa e reveladora sobre os buracos negros do nosso entendimento do mundo e da vida. Indispensável, pois, que estejamos preparados para o convívio com a mudança.

A inovação, o avanço e o desenvolvimento decorrem do aproveitamento das potencialidades que o Todo Poderoso colocou em cada ser humano.

Cuidado, porém, com a paixão doentia que leva alguns a, sem exceção, só aceitar e valorizar, em todos cenários de sua vida, equipamentos, processos, programas, máquinas e utensílios que sejam invariavelmente os mais novos, completos e avançados.

Contrabalance a paixão do novo com uma boa dose de realismo para não perder o gosto de desfrutar o que a ciência e a tecnologia podem oferecer de bom a você neste momento, nos locais em que vive, trabalha e estuda.

Leia mais  Duas Cidades

Seja cauteloso com as novidades que se propõem a mudar, mais do que as técnicas de trabalho, seu espírito, valores e formas de ver a vida, afastando-o da senda boa, firme, segura e sempre nova do Evangelho.

O novo e maior profeta de todos os tempos da semana passada perdeu a validade. Está sendo substituído, agora mesmo, por um outro, cujo ensino é totalmente diverso. E este será o maior de todos — mas só até a semana que vem.

Quem marcha pela trilha da Palavra tem certeza de estar no bom caminho. Agradeça os convites para ingressar em estranhas veredas existenciais e mantenha-se firme no rumo que Jesus traçou.

“(…) devemos levar mais a sério a mensagem ouvida se não quisermos ir à deriva. ”

Carta aos Hebreus 2:1
A Bíblia — Tradução Ecumênica

Comentários