Motor

VW do Brasil produziu 20 milhões de motores

Para o México são enviados, desde 2017, motores 1.4 TSI que equipam modelos como o Jetta e Tiguan
VW do Brasil produziu 20 milhões de motores
O Polo GTS é um dos modelos que usam o motor 1.4 TSI de 150 cv. Crédito da foto: Divulgação

A Volkswagen do Brasil alcançou o marco de 20 milhões de motores produzidos e o motor 1.4 TSI da família EA211, de 150cv, que equipa o Polo e Virtus GTS, dentre outros modelos da marca, foi o que representou essa conquista. Deste total, 12 milhões de motores foram fabricados na unidade de São Carlos, que iniciou suas atividades em 1996, e 8 milhões na Anchieta, no período de 1974 a 2012. Com tecnologia de ponta e alinhada aos padrões mundiais da VW, a fábrica de São Carlos foi eleita em 2019 a mais eficiente dentre as unidades de Componentes do Grupo Volkswagen. A qualidade dos processos e motores fazem com que, além do mercado interno, produza motores e componentes para outros mercados. Para o México são enviados, desde 2017, motores 1.4 TSI que equipam modelos como o Jetta e Tiguan, para atender o exigente mercado norte-americano.

Leia mais  Várias marcas alteram prazos de revisão

Scania aposta no gás

VW do Brasil produziu 20 milhões de motores
Os veículos movidos a gás são apostas da Scania para reduzir emissões. Crédito da foto: Divulgação

Como parte do propósito de liderar a mudança para um sistema de transporte mais sustentável, a Scania Latin America anuncia o início da produção local e inédita de caminhões movidos a gás, GNV (Gás Natural Veicular) e GNL (Gás Natural Liquefeito), em sua fábrica em São Bernardo do Campo (SP). “Estamos no Brasil há 63 anos, aqui temos a segunda maior Operação Industrial fora da Suécia, contando com quase 4 mil colaboradores, e um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento que nos permite oferecer ao mercado a melhor solução de transporte e continuar avançando na jornada da sustentabilidade”, diz Christopher Podgorski, Presidente e CEO da fabricante sueca.

A chegada dos caminhões a gás está incluída no plano de investimento de R$ 2,6 bilhões, compreendido entre o período de 2016 e 2020, que contempla o lançamento da Nova Geração de Caminhões da marca. “A industrialização dos veículos a gás complementa a Nova Geração de Caminhões Scania lançada em 2018, disponibilizada ao mercado com base no Sistema de Produção Global Scania”, pontua Podgorski.

Leia mais  VW revela informações do ID.4 seu primeiro SUV totalmente elétrico

BMW lança Novo Série 2 Gran Coupé no Brasil

VW do Brasil produziu 20 milhões de motores
Modelo é um dos principais lançamentos da marca no ano. Crédito da foto: Divulgação

A BMW do Brasil lança o novo BMW Série 2 Gran Coupé na rede de concessionárias autorizadas da marca no País a partir da próxima semana. Em março, estará disponível em toda a rede a versão 218i Gran Coupé Sport GP e, em maio, será a vez do M235i xDrive Gran Coupé, ao preço sugerido de R$ 186.950 e R$ 279.950, respectivamente. Produzido na fábrica do BMW Group em Leipzig, na Alemanha, o modelo foi apresentado no Salão do Automóvel de Los Angeles (EUA), em novembro do ano passado, e é um dos principais lançamentos da fabricante em 2020, ano em que o BMW Group completa 25 anos de atuação no mercado nacional. Ele chega reforçado pela história de sucesso da família de Gran Coupés da BMW, que já comercializou mais de 400 mil unidades em todo o mundo. Sintonizado à nova linguagem visual da marca, além dos clássicos como o BMW Série 6 Gran Coupé de 2012 ou o BMW Série 8 Gran Coupé, lançado no ano passado, o novo BMW Série 2 Gran Coupé esbanja um visual ousado e imponente, com faróis em LED afunilados na dianteira e a tradicional grade em formato de duplo rim conectada no centro.

Comentários