Motor

Pandemia provoca reviravolta nas vendas

Pandemia provoca reviravolta nas vendas
Pandemia prejudica a venda de carros. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (3/11/2014)

O carro mais vendido do Brasil, o Chevrolet Onix, teve somente 3.619 unidades negociadas em abril, uma queda de 69,8% em relação a março. Como já era esperado, no mês passado as vendas de carros novos despencaram. Segundo a Fenabrave, entidade que reúne as concessionários do País, a queda nas vendas de automóveis e veículos comerciais leves chega a 76,8% em relação a abril de 2019.

O resultado se deve à forte diminuição do ritmo da economia. Como a venda de automóveis não é considerada atividade essencial, a maior parte das concessionárias no País permanece fechada. Apenas as oficinas podem funcionar.

Sem placas

Além disso, os automóveis novos estão autorizados a circular provisoriamente sem as placas de licença, por causa do fechamento temporário dos postos dos Detrans. Esse fato mascara um pouco o número de automóveis vendidos (a Fenabrave divulga o volume de carros efetivamente emplacados).

Leia mais  Declínio do pedal de embreagem

HB20

De acordo com os dados informados pela Hyundai, considerando-se apenas os modelos novos do HB20 e do Onix, o hatch da marca sul-coreana foi o veículo mais vendido em abril.

Segundo a montadora, o novo HB20 encerrou o mês com 83 unidades à frente de seu concorrente direto, o Onix de nova geração. A empresa ressalta que esse cálculo exclui as unidades das gerações anteriores vendidas no período. No mês encerrado na última quinta-feira, considerando-se apenas as novas versões dos dois modelos, foram emplacados 2.729 HB20 e 2.646 Onix. Os números não levam em conta três unidades do Hyundai do modelo anterior e 967 unidades do Onix Joy, que é feito sobre a plataforma da primeira geração. (Estadão Conteúdo)

Comentários