Cultura Mais Cruzeiro

Prefeitura de Sorocaba renova cessão de prédio à Fundec

Decreto prorroga a autorização de uso, pela instituição, do imóvel que abrigou o antigo Teatro São Rafael
Prefeitura renova cessão de prédio à Fundec
Participaram do ato de assinatura o presidente da Fundec, Luiz Antonio Zamuner, e membros da diretoria. Crédito da foto: Fábio Rogério

O prefeito José Crespo (DEM) renovou por mais quatro anos a cessão de uso do antigo Teatro São Rafael para a Fundação de Desenvolvimento Cultural de Sorocaba (Fundec). A assinatura do decreto 24.847 ocorreu na tarde desta quarta-feira (22), no Palácio dos Tropeiros, em uma cerimônia aberta à imprensa e que contou com a presença de Crespo, parte de seu secretariado e da diretoria da Fundec.

Leia mais  Fundec abre vagas para cursos de instrumentos musicais do IMMS

 

Durante a solenidade, Crespo destacou que a cessão de uso à fundação é a maneira mais acertada de garantir tanto a preservação do prédio histórico, como a ocupação plena, voltada à formação cultural e de cidadãos. “É realmente uma referência de Sorocaba fora da cidade”, disse.

Situado na rua Brigadeiro Tobias, 73, no Centro, o Teatro São Rafael foi tombado em 1997 pelo Conselho Municipal de Patrimônio Histórico (CMDP) e desde 2001 funciona como sede da Fundec, entidade civil de direito privado, sem fins lucrativos, que atua na difusão cultural e na formação artística em Sorocaba.

No imóvel, que é equipado com uma moderna sala de concertos, ocorrem os ensaios e apresentações da Orquestra Sinfônica de Sorocaba (OSS). O prédio histórico é ainda sede do Instituto Municipal de Música de Sorocaba (IMMS), também mantido pela Fundec, que possui atualmente 800 alunos, em cursos de iniciação musical e canto coral instrumentos musicais.

A prorrogação do direito de uso do imóvel a título precário, segundo a diretoria, dá mais tranquilidade à instituição para planejar sua temporada artística a longo prazo. O presidente da Fundec, Luiz Antonio Zamuner, relembrou que apesar de ter abrigado a Prefeitura Municipal (entre 1935 a 1980) e Câmara dos vereadores (1982 e 1999), a Fundec resgatou a vocação artística original do prédio, construído em 1844 por Rafael Tobias de Aguiar, o Brigadeiro Tobias, para ser um teatro com elegância e qualidade equiparado ao dos grandes teatros de São Paulo.

Zamuner também anunciou que, até o final deste ano, a casa ao lado do teatro, que pertence à Prefeitura e também teve a cessão à Fundec renovada com o decreto, será transformada em um novo espaço de exposições e apresentações de música popular, como choro e jazz.

Prefeitura renova cessão de prédio à Fundec
Crespo assinou o decreto 24.847 em cerimônia realizada na tarde de ontem, no gabinete no Paço Municipal. Crédito da foto: Fábio Rogério

Além de Zamuner, participaram da cerimônia o vice-presidente da Fundec, Geraldo Ricci; o diretor técnico Antônio Carlos Sampaio e o secretário geral Heitor Edson de Souza. Na ocasião, Heitor entregou ao prefeito Crespo um relatório com dados detalhados sobre o perfil dos inscritos nos cursos de música oferecidos pelo IMMS. Segundo Heitor, o objetivo é que os dados estratificados ajudem a nortear a administração municipal na elaboração de políticas públicas para a cultura.

Responsável pela elaboração do decreto, o secretário do Gabinete Central, Eric Vieira, destacou que o documento representa “a renovação da confiança depositada na fundação”. A titular da Secretaria Cultura, Cassiane de Souza, elogiou a “importância inestimável” da Fundec para o desenvolvimento da cultura local e antecipou que o convênio de subvenção celebrado entre a Prefeitura e a entidade também será renovado em outubro. Segundo ela, os valores do repasse mensal estão em fase de análise técnica.

Além de Vieira e Cassiane, participaram da cerimônia os secretários de Comunicação e Eventos, Gilberto de Camargo Antunes; de Segurança e Defesa Civil, coronel Antonio Valdir Gonçalves Filho; e de Resgate Social do Morador de Rua e Direitos das Pessoas com Deficiência e Idosos, José Humberto Urban Filho. (Felipe Shikama)

Comentários

CLASSICRUZEIRO